Home / Clínica Médica / Quartos individuais diminuem a transmissão de bactérias multirresistentes?

Quartos individuais diminuem a transmissão de bactérias multirresistentes?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Infecções associadas à assistência à saúde são frequentes, gerando um aumento de morbidade, mortalidade e custos. A busca por medidas que diminuam a incidência de infecções hospitalares é uma preocupação mundial.

Uma estratégia para evitar alguns tipos de infecção, evitar a transmissão de bactérias multirresistentes entre pacientes e aumentar a adesão a medidas de precaução de contato seria o uso de quartos individuais no lugar de enfermarias. Entretanto, as evidências que sugerem relação entre a arquitetura hospitalar e a prevenção de colonização por organismos resistentes e infecções associadas aos cuidados da saúde são conflitantes.

mulher internada em quarto particular para evitar bactérias multirresistentes

Quartos particulares diminuem as infeções?

Um estudo envolvendo pacientes de um grande hospital no Canadá procurou avaliar o impacto na mudança da arquitetura de enfermarias para quartos individuais na incidência de colonização de MRSA e VRE e nas taxas de infecção hospitalar por MRSA, VRE ou Clostridioides difficile (antigo Clostridium difficile). Todos os pacientes eram rastreados de rotina para colonização para MRSA e VRE na admissão e semanalmente. Aqueles colonizados eram colocados em precaução de contato durante toda a hospitalização.

Veja também: As mãos dos pacientes como fontes de bactérias multirresistentes

A pesquisa ocorreu no contexto da mudança do hospital de um prédio de 417 leitos com quartos individuais e enfermarias compostas por três a quatro leitos para um novo prédio de 350 leitos constituído somente de quartos individuais, com banheiros privativos e fácil acesso a pias para lavagem das mãos. Os autores compararam as taxas e tendências de colonização e infecção entre os pacientes nas instalações antigas (2013-2015) e novas (2015-2019).

Resultados

Após a mudança, os autores observaram uma redução imediata e sustentada na incidência de colonização nosocomial de VRE e MRSA e na incidência de infecção por VRE, mas não na incidência de infecções nosocomiais de MRSA ou por C. difficile. As mudanças na incidência de colonização de VRE e MRSA foram vistas imediatamente após a mudança e, mesmo após o fim do período de observação – 36 meses após a mudança -, não retornaram aos níveis anteriores.

Mais da autora: FDA aprova novo antibiótico para tratamento de bactérias multirresistentes

Os autores sugerem que, além do uso de quartos privativos, a mudança para um novo hospital, com superfícies teoricamente livres de MRSA e VRE, contribuiu para a redução importante na colonização por esses germes. A adesão a outras medidas de controle, como higienização das mãos, também pode ter contribuído parcialmente para a manutenção ao longo do tempo dos níveis baixos de colonização.

Os resultados sugerem que a configuração de hospitais com quartos individuais em detrimento de enfermarias pode ajudar no controle de transmissão de organismos multirresistentes e de algumas infecções nosocomiais.

É médico e quer colaborar com o Portal PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autor:

Referências bibliográficas:

  • McDonald, EG, Dendukuri, N, Frenette, C, Lee, TC. Time-Series Analysis of Health Care-Associated Infections in a New Hospital With All Private Rooms. JAMA Intern Med. doi:10.1001/jamainternmed.2019.2798 Published online August 19, 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.