Home / Coronavírus / RECOVERY interrompe recrutamento para estudo de colchicina

RECOVERY interrompe recrutamento para estudo de colchicina

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O estudo RECOVERY interrompeu o recrutamento de voluntários para o estudo sobre a colchicina, por falta de eficácia no tratamento de pacientes com Covid-19. O comitê independente de monitoramento de dados (DMC) não encontrou nenhuma evidência para o recrutamento, tanto o geral quanto dos subgrupos.

O estudo RECOVERY faz a avaliação de uma série de possibilidades de tratamentos, em 180 hospitais no Reino Unido e já verificou a eficácia de tocilizumabe e dexametasona, que atuam em casos mais graves de Covid-19 e reduzindo a mortalidade dos pacientes com a doença.

O estudo RECOVERY interrompeu o recrutamento de voluntários para o estudo sobre a colchicina, por falta de eficácia contra Covid-19.

Estudo RECOVERY com uso da colchicina

O DMC revisou os dados de uma análise preliminar, baseada em 2.178 mortes entre 11.162 pacientes. Os resultados não mostraram nenhuma diferença significativa no desfecho primário de mortalidade por Covid-19, em 28 dias, de pacientes randomizados para colchicina x tratamento usual (20% vs 19%; razão de risco, 1,02; IC de 95%, 0,94-1,11; P  = 0,63).

O RECOVERY continuará recrutando para aspirina , baricitinibe , coquetel de anticorpos Regeneron e, nos hospitais selecionados, fumarato de dimetila. O acompanhamento está em andamento e os membros prometem divulgar os resultados muito em breve.

Peter Hornby, da Universidade de Oxford e co-responsável do estudo, ressalta que, até o momento, este é o maior teste realizado com a colchinina, medicamento amplamente utilizado para o tratamento de gota, casos de pericardite viral, doenças coronarianas e febre mediterrânea, devido a seu efeito anti-inflamatório. Seu mecanismo de ação baseia-se na inibição da polimerização da tobulina sobre a adesão celular e as citoquinas inflamatórias.

Referências bibliográficas:

  • https://pebmed.com.br/colchicina-em-pacientes-com-covid-19-e-eficaz/
  • https://www.medscape.com/viewarticle/946978?src=WNL_mdpls_210309_mscpedit_card&uac=137967BJ&spon=2&impID=3238195&faf=1
  • Medicamentos. Bulário, Fumarato de dimetila. Whitebook Clinical Decision, disponível em:<https://whitebook.pebmed.com.br/>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.