Página Principal > Medicina Interna > Revascularização do miocárdio ou stent farmacológico em pacientes com DRC: qual é mais eficaz?
homem segurando um stent coronariano

Revascularização do miocárdio ou stent farmacológico em pacientes com DRC: qual é mais eficaz?

Tempo de leitura: 2 minutos.

Uma meta-análise publicada no Science Direct comparou a eficácia da cirurgia de revascularização do miocárdio (CRVM) e do stent farmacológico em pacientes com doença renal crônica (DRC) e doença arterial coronariana (DAC) multivascular.

Pesquisadores utilizaram as bases de dados do Pubmed, EMBASE e Cochrane Library, desde o início até junho de 2016, para encontrar estudos comparativos que avaliam os benefícios do stent farmacológico versus CRVM nessa população.

Um total de 11 estudos com 29.246 pacientes foram incluídos (17.928 stents e 11.318 cirurgias). Em comparação com a revascularização do miocárdio, o stent farmacológico apresentou maior mortalidade a longo prazo (OR = 1,22; p <0,00001), mortalidade cardíaca (OR = 1,29; p <0,00001), infarto do miocárdio (OR = 1,89; p = 0,02) e eventos adversos cardíacos e cerebrovasculares graves (OR = 2,00; p = 0,002), mas menor mortalidade a curto prazo (OR = 0,33; p < 0,00001) e acidente vascular cerebral (OR = 0,64; p = 0,0001).

A análise de subgrupos restrita a pacientes com doença renal em fase terminal produziu resultados semelhantes, mas não foram encontradas diferenças significativas em relação a AVC e eventos adversos cardíacos e cerebrovasculares graves.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que a revascularização miocárdica para pacientes com doença renal crônica e doença arterial coronariana multivascular apresentou vantagens em relação à mortalidade a longo prazo, infarto do miocárdio e eventos adversos cardíacos e cerebrovasculares graves, mas desvantagem em relação à mortalidade a curto prazo e AVC.

Os autores do estudo concluem que são necessários ensaios controlados randomizados maiores para confirmar esses achados.

Veja também: ‘9 fatos que você precisa saber sobre a doença renal crônica’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Comparison of coronary artery bypass grafting and drug-eluting stents in patients with chronic kidney disease and multivessel disease: A meta-analysis. Yushu Wang, Sui Zhu, Peijuan Gao andQing Zhang. https://doi.org/10.1016/j.ejim.2017.04.002

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.