Sepse: qual a melhor solução de hidratação para ser usada? - PEBMED

Sepse: qual a melhor solução de hidratação para ser usada?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Os estudos em Terapia Intensiva debatem há muito tempo a melhor escolha de solução intravenosa em pacientes sépticos, já que aumentou a preocupação com hipercloremia e acidose metabólica associada ao uso de solução salina (NaCl 0,9%).

Uma análise publicada no American Journal of Respiratory and Critical Care sugere que o uso de cristaloides balanceados (Ringer lactato ou Plasmalyte) confere um benefício de mortalidade para esses pacientes.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Solução de hidratação na sepse

Nesta análise secundária, a solução salina normal foi comparada com soluções cristaloides balanceadas entre mais de 15.000 pacientes em uma única unidade de terapia intensiva dos EUA. Os investigadores examinaram aproximadamente 1600 pacientes com sepse.

Leia também: Manejo da sepse no paciente cirrótico: quais são as particularidades?

Os pacientes do grupo balanceado apresentaram menor incidência de eventos renais adversos importantes em 30 dias, maior número de dias livres de vasopressores, além de mais dias livres de terapia renal substitutiva em comparação com o grupo salino.

O estudo anterior deste mesmo Trial (SMART- Isotonic Solutions and Major Adverse Renal Events Trial), foi publicado no New England Journal of Medicine. Neste, a análise primária demonstrou que o uso equilibrado de cristaloides estava associado a uma incidência ligeiramente menor de um resultado composto de mortalidade e insuficiência renal quando todos os pacientes gravemente enfermos – e não apenas os sépticos – foram incluídos. Já falamos detalhes deste estudo aqui no portal.

Estas análises dão suporte adicional à tendência de padronizar o cristaloide balanceado para ressuscitação volêmica, inclusive em pacientes sépticos. No entanto, sabemos que análises de estudos de centro único não devem ser encaradas como definidoras de conduta. Aguardamos novos ensaios clínicos randomizados para ajudar nestas questões.

sepse revista

Take-home message

No paciente grave, incluindo o séptico, aparentemente, vale a pena escolher o Ringer lactato em vez de solução salina na hora da hidratação.

Autor:

Referências bibliográficas:

  • Brown RM et al. Balanced crystalloids versus saline in sepsis. A secondary analysis of the SMART clinical trial. Am J Respir Crit Care Med 2019 Dec 15; 200:1487. (https://doi.org/10.1164/rccm.201903-0557OC)
  • NEJM JW Gen Med 15 de abril de 2018 e N Engl J Med 2018; 378: 829.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar