Leia mais:
Leia mais:
Síndrome do olho seco pode ter relação com o clima?
Covid-19 e o olho: O que sabemos até agora?
Quais os impactos do clima e de medidas de saúde pública na pandemia por Covid-19?
Como a alimentação influencia no funcionamento da nossa visão

Síndrome do olho seco pode ter relação com o clima?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A síndrome do olho seco é uma desordem da superfície ocular que afeta mais de 16 milhões de adultos nos EUA. É uma causa comum de visita ao oftalmologista, afetando mais mulheres que homens, associada a sintomas como visão borrada, desconforto ocular e sensação de ressecamento.

Sugere-se que a qualidade do ar e a poluição também seriam fatores que interferem no olho seco. Estudos da Coreia do Sul sugerem que a baixa umidade pode estar associada a maior prevalência. De acordo com a OMS, os poluentes incluem o ozônio (O3), dióxido de nitrogênio (NO2), dióxido sulfúrico (SO2) e partículas derivadas da combustão em automóveis e agricultura, indústria e queima de madeira.

O aumento dessas partículas e do ozônio foi relacionada inclusive com aumento da mortalidade em adultos. O tabagismo e a história médica pregressa são estudados como fatores de risco para síndrome do olho seco. Para continuar nosso especial de verão, trazemos um pouco da relação da síndrome com o clima.

médico conversando sobre olho seco e clima

Olho seco e clima

Um estudo prospectivo, publicado em 2020, coletou informações do estudo DREAM (Dry Eye Assessment and Management study) por 12 meses. A associação entre a gravidade dos sinais e sintomas de olho seco as informações meteorológicas e dos poluentes do ar no mesmo local e tempo foram avaliadas.

O estudo DREAM incluiu 535 pacientes com olho seco leve a moderado. O questionário OSDI e o quanto a conjuntiva corou não mostraram correlação com a zona climática. Pacientes na zona climática mediterrânea dos EUA demonstraram menos olho seco. Já no clima semiárido, o padrão de fluoresceína foi significativamente pior ao longo do ano. Pacientes do deserto subtropical também demonstraram BUT diminuído.

Leia também: Você sabe quais doenças sistêmicas estão associadas a quadros mais graves de olho seco?

Os testes de Schirmer tinham valores mais altos nos pacientes do mediterrâneo e semiárido. A variação de temperatura diária não foi significativamente associada com o score OSDI. Padrões de fluoresceína piores foram associados com baixa umidade. O tempo de ruptura do filme lacrimal (BUT) foi correlacionado com climas mais pronunciados e poluição mais variável. O BUT diminuído se relacionou com baixas médias de temperatura diária. Os BUT maiores se relacionaram a baixos níveis de NO2.

Referência bibliográfica:

  • Erich J. Berg, Gui-shuang Ying, the DREAM Study Research Group, et al. Climatic and Environmental Correlates of Dry Eye Disease Severity: A Report From the Dry Eye Assessment and Management (DREAM) Study. Transl Vis Sci Technol. 2020 Apr; 9(5): 25. Published online 2020 Apr 29.
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.