Página Principal > Colunistas > Sobre a prática da Medicina Legal e Perícias Médicas
estetoscopio

Sobre a prática da Medicina Legal e Perícias Médicas

Tempo de leitura: 2 minutos.

A palavra medicina vem do latim, ars medicina, que significa “arte de curar”, como definida por Hipócrates. O Dicionário Oxford da Língua Inglesa define medicina como “ciência ou prática do diagnóstico, tratamento e prevenção das doenças”. A formação acadêmica do aluno é constituída por uma imensurável quantidade de informações que constroem e solidificam o raciocínio clínico e que na medicina tradicional objetiva a prevenção, o tratamento e a cura.

Daí, temos diversas especialidades e subespecialidades médicas que a todo tempo evoluem, se ramificam e se desmembram em novas áreas. Na Medicina Legal e Perícias Médicas todo o aprendizado da mesma ciência tem por objetivo o esclarecimento de fatos.

Aloca-se o objetivo da arte médica com toda a sua fundamentação científica acrescentando-se informações jurídicas da matéria do Direito em que se pratica o ofício médico-legal, para o esclarecimento dos fatos e busca da prova.

Através do uso de técnicas, diretrizes e protocolos legispericiais fundamentados, o exercício da ciência médico-legal é distribuído nas searas judiciais em que se trate de matéria cabível ao estudo médico, seja no Direito Criminal, Cível, Trabalhista, Desportivo ou ainda em área Normativa e Constitucional.

A elucidação dos fatos aonde se encontre o controvertido converge na construção da prova, denominada prova técnica, objetivo audacioso daqueles que se embrenham pelos caminhos deste ramo da medicina.

É a ciência a serviço da justiça.

Até breve!

É médico e também quer ser colunista do nosso Portal? Clique aqui e inscreva-se!

Autor:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.