Página Principal > Cardiologia > Tratamento de IC guiado por meta de BNP não é mais eficaz que o convencional
infarto agudo do miocárdio

Tratamento de IC guiado por meta de BNP não é mais eficaz que o convencional

Tempo de leitura: 2 minuto.

Novo artigo, publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA), indica que o tratamento da insuficiência cardíaca (IC) guiado por meta de peptídeo natriurético tipo B (BNP) não é mais eficaz que o convencional.

Para o estudo, pesquisadores randomizaram 1.100 pacientes com insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida (≤ 40%), níveis plasmáticos elevados de peptídeo natriurético nos 30 dias anteriores e história de evento prévio de IC (hospitalização ou equivalente) para uma estratégia guiada por meta de BNP (n = 446) ou cuidados convencionais (n = 448). No grupo de estratégia guiada, a meta de BNP foi níveis abaixo de 1000 pg/mL.

Quer receber diariamente notícias médicas no seu WhatsApp? Cadastre-se aqui!

Após um follow-up de 15 meses, o desfecho primário (hospitalização por IC ou morte cardiovascular) ocorreu em 164 pacientes (37%) no grupo guiado por BNP e em 164 (37%) no grupo de cuidados habituais (hazard ratio [HR] 0,98; intervalo de confiança [IC] de 95%: 0,79-1,22; P = .88).

A mortalidade cardiovascular foi de 12% (n = 53) no grupo BNP e 13% (n = 57) no de cuidados convencionais (HR 0,94; [IC] de 95%: 0,65-1,37; P = 0,75).

Pelos resultados, os pesquisadores concluíram que o tratamento da IC guiado por BNP ou cuidados convencionais não difere significativamente no desfecho do paciente.

Veja também: ‘Insuficiência cardíaca: novas diretrizes da AHA’

*Esse artigo foi revisado pelo médico Eduardo Moura.

Referências:

  • Felker GM, Anstrom KJ, Adams KF, Ezekowitz JA, Fiuzat M, Houston-Miller N, Januzzi JL, Mark DB, Piña IL, Passmore G, Whellan DJ, Yang H, Cooper LS, Leifer ES, Desvigne-Nickens P, O’Connor CM. Effect of Natriuretic Peptide–Guided Therapy on Hospitalization or Cardiovascular Mortality in High-Risk Patients With Heart Failure and Reduced Ejection FractionA Randomized Clinical Trial. JAMA. 2017;318(8):713–720. doi:10.1001/jama.2017.10565

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.