Trombose venosa cerebral: RM X TC na precisão diagnóstica - PEBMED

Trombose venosa cerebral: RM X TC na precisão diagnóstica

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

A ressonância magnética (RM) e a tomografia computadorizada (TC) são as modalidades mais utilizadas para diagnosticar trombose venosa cerebral em pacientes com sintomas neurológicos inespecíficos. Em novo artigo, publicado em junho na Thrombosis and Haemostasis, pesquisadores avaliaram a eficácia de ambos os métodos.

Para essa meta-análise, os autores realizaram uma pesquisa nas bases do PubMed, EMBASE, Web of Science, Cochrane e Chinese Biomedical, até março de 2017. A qualidade metodológica de cada artigo foi avaliada individualmente, para obter o resumo da acurácia diagnóstica da TC e RM na identificação correta de trombose venosa cerebral.

No total, 24 artigos, compreendendo 48 estudos (4.595 casos), foram incluídos.

Bateu uma dúvida? O Whitebook refresca sua memória com conteúdos atualizados. Baixe aqui o nosso app.

tomografia TC

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

RM e TC na trombose venosa cerebral

Para TC, a sensibilidade foi de 0,79 e a especificidade foi de 0,90. Nenhuma heterogeneidade significativa e viés de publicação foram observados. Para a RM, a sensibilidade foi de 0,82 e a especificidade foi de 0,92.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que a TC e a RM têm um alto nível de precisão no diagnóstico diferencial de trombose venosa cerebral, independente do estágio, alvo para análise ou métodos de análise.

LEIA MAIS: Trombose venosa cerebral – keypoints da nova diretriz para diagnóstico e tratamento

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • The Performance of CT versus MRI in the Differential Diagnosis of Cerebral Venous Thrombosis. Thromb Haemost 2018; 118(06): 1067-1077. DOI: 10.1055/s-0038-1642636

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar