Página Principal > Emergências > Ultrassonografia é um método eficaz para diagnosticar fratura nasal na emergência?
jaleco medico

Ultrassonografia é um método eficaz para diagnosticar fratura nasal na emergência?

Tempo de leitura: 1 minuto.

Em artigo publicado no American Journal of Emergency Medicine, pesquisadores compararam a eficácia da ultrassonografia com a tradicional radiografia para diagnosticar fraturas nasais.

Para esse estudo prospectivo, foram analisados 103 pacientes admitidos na emergência com trauma maxilo-facial. Foram realizadas ultrassonografias e radiografias, e seus resultados comparados estatisticamente por especialistas.

Para mostrar a presença de fratura nasal, a sensibilidade da ultrassonografia foi de 84,8% (IC de 95%: 71,13% a 93,66%), a especificidade foi de 93% (IC de 95%: 83% a 98,05%), o valor preditivo positivo foi de 90,7% (IC de 95%: 77,86% a 97,41%) e o valor preditivo negativo foi de 88,3% (IC de 95%: 77,43% a 95,18%). Os resultados foram semelhantes aos da radiografia.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que a ultrassonografia pode ser utilizada na emergência como método diagnóstico alternativo à radiografia com altas taxas de sensibilidade e especificidade na avaliação de fraturas nasais.

Leia também: ‘Como e quando solicitar o ultrassom? Veja 5 indicações’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.