Uso de adoçante é associado a ganho de peso!

Apesar do uso crescente de adoçantes para controle de peso, a obesidade permanece um problema mundial. Um estudo analisou a relação entre esses elementos.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Apesar do uso crescente de adoçantes para controle de peso, a obesidade permanece um problema mundial. Um novo estudo analisou a relação entre esses dois elementos e trouxe um resultado curioso: o uso de adoçantes foi associado com ganho de peso(!) em relação ao não uso.

500x120

Os pesquisadores utilizaram 8.268 medições antropométricas e 3.096 registros alimentares diário, com informações detalhadas sobre o consumo de adoçantes de baixa caloria em todos os produtos alimentícios, de 1.454 participantes (741 homens, 713 mulheres). No início do estudo, 785 eram não-usuários de adoçante (51,7% de homens) e 669 eram usuários (50,1% de homens).

Após ajustes de variáveis, com mediana de seguimento de 10 anos, os usuários de adoçantes de baixas calorias apresentaram:

  • índice de massa corporal 0,80 kg/m2 maior (IC 95%, 0,17-1,44);
  • circunferência de cintura 2,6 cm maior (IC 95%, 0,71-4,39 );
  • prevalência 36,7% maior (razão de prevalência = 1,37; IC 95%, 1,10-1,69) e incidência 53% maior (HR = 1,53; IC 95%: 1,10-2,12) de obesidade abdominal.

Os resultados indicam que o uso de adoçantes de baixa caloria pode não ser um meio eficaz de controle de peso. Estes achados têm importantes implicações para a saúde pública, reforçando que as estratégias de gestão de peso devem se basear na compreensão de como o corpo humano responde a certos tipos de alimentos, em vez de meramente considerar o teor calórico.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER2

Referências:

  • PLOS. Chronic Low-Calorie Sweetener Use and Risk of Abdominal Obesity among Older Adults: A Cohort Study. https://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0167241
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades

Tags