Página Principal > Medicina Interna > Uso de hidroclorotiazida aumenta risco de melanoma?
medicamentos TEP

Uso de hidroclorotiazida aumenta risco de melanoma?

Tempo de leitura: 2 minutos.

A hidroclorotiazida é utilizada no tratamento da hipertensão e do inchaço por retenção de líquidos. Em novo artigo, publicado em maio no JAMA Internal Medicine, pesquisadores investigaram se altas cumulativas doses desse fármaco podem aumentar o risco de melanoma.

Para essa meta-análise, os autores identificaram casos confirmados de melanoma na Dinamarca, entre 2004 e 2015, com uma proporção de 1:10 para controles sem câncer. Os participantes tinham entre 18 e 90 anos, sem histórico prévio de câncer, transplante de órgãos, infecção por HIV ou uso de azatioprina. A população final do estudo foi de 19.273 casos e 192.730 controles.

Acesse mais de 900 modelos de prescrição para uma rotina médica mais prática. Baixe aqui o Whitebook.

Em geral, 413 casos (2,1%) e 3.406 controles (1,8%) foram classificados como usuários de altas doses cumulativas de hidroclorotiazida (≥ 50.000 mg), resultando em odds ratio (OR) ajustado de 1,22 (IC 95%: 1,09 a 1,36) para melanoma. Nenhum padrão claro de dose-resposta foi observado entre o uso de hidroclorotiazida e o risco de melanoma. Análises por localização de melanoma, estágio, idade, sexo e história de câncer de pele não-melanoma produziram resultados similares.

Ao estratificar por subtipo histológico, maiores ORs ocorreram para o melanoma nodular (n = 1.695 casos [8,8%]; OR, 2,05; IC 95%: 1,54 a 2,72; P = 0,01) e lentigo maligno (n = 500 casos [2,6%]; OR, 1,61; IC 95%: 1,03-2,50; P = 0,16) do que para melanoma disseminativo superficial (n = 13.781 casos [72%]; OR, 1,11; IC 95%: 0,97 a 1,27; P = 0,73).

Em análises secundárias, foram observadas associações próximas a nulo para o risco geral de melanoma com o uso prolongado de outros anti-hipertensivos como bendroflumetiazida (OR, 1,10; IC 95%: 1,02 a 1,19; P = 0,47), inibidores da enzima conversora de angiotensina (OR, 1,07; IC 95%: 0,99 a 1,16; P = 0,53), antagonistas dos receptores da angiotensina II (OR, 1,18; IC 95%: 1,07 a 1,29; P = 0,07) e bloqueadores dos canais de cálcio (OR, 1,06; IC 95%: 0,97 a 1,14; P = 0,94). Estas associações permaneceram neutras em subanálises estratificadas pelo subtipo de melanoma.

LEIA MAIS: Uso de anti-hipertensivos genéricos aumenta risco de eventos adversos

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Pottegård A, Pedersen SA, Schmidt SAJ, Hölmich LR, Friis S, Gaist D. Association of Hydrochlorothiazide Use and Risk of Malignant Melanoma. JAMA Intern Med. Published online May 29, 2018. doi:10.1001/jamainternmed.2018.1652

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.