Leia mais:
Leia mais:
Uso de amoxicilina para o tratamento de infecções torácicas em crianças apresenta poucos efeitos
Whitebook: sangramento vaginal
Atividade física e Covid-19: a importância da reavaliação médica no retorno aos treinos
Novas evidências: Laser fracionado de CO2 para tratamento de atrofia vaginal
Manejo da dispneia na emergência com uso de ultrassonografia point-of-care (POCUS)

Uso de hipoglicemiantes orais aumenta risco de doença inflamatória intestinal?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

O uso de inibidores da dipeptidil peptidase 4 (DDP-4) no tratamento da diabetes tipo 2 aumentou consideravelmente na última década. Um novo artigo do British Medical Journal (BMJ) analisou se o uso desse hipoglicemiante oral pode estar associado à incidência de doença inflamatória intestinal (DII) nessa população.

Para esse estudo populacional, pesquisadores selecionaram de uma base de dados do Reino Unido 141.170 pacientes, com 18 anos ou mais, iniciando uso de hipoglicemiantes orais entre 1º de janeiro de 2007 e 31 de dezembro de 2016, com acompanhamento até 30 de junho de 2017. O desfecho primário foi a incidência de doença inflamatória intestinal.

Terapia biológica na doença inflamatória intestinal

Resultados

Durante o follow-up, 208 eventos de DII foram observados (taxa de incidência de 37,7 [IC de 95%: 32,7 a 43,1] por 100.000 pessoas-anos). Em geral, o uso de inibidores da DDP-4 foi associado a um risco aumentado de DII (53,4 v 34,5 por 100.000 pessoas-anos; HR 1,75 [IC de 95%: 1,22 a 2,49]).

As razões de risco (HR) aumentaram gradualmente com durações mais longas de uso, alcançando um pico após três a quatro anos (HR 2,90 [1,31 a 6,41]) e diminuindo depois de mais de quatro anos (1,45 [0,44 a 4,76]). Esses achados permaneceram consistentes em várias análises de sensibilidade.

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que o uso de inibidores da DDP-4 foi associado a um aumento do risco de doença inflamatória intestinal. É importante que médicos estejam cientes dessa possível relação.

Tenha sempre condutas atualizadas na sua mão! Baixe gratuitamente o Whitebook.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Abrahami Devin, Douros Antonios, Yin Hui, Yu Oriana Hoi Yun, Renoux Christel, Bitton Alain et al. Dipeptidyl peptidase-4 inhibitors and incidence of inflammatory bowel disease among patients with type 2 diabetes: population based cohort study BMJ 2018;360:k872
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar