Página Principal > Geriatria > USPSTF deixa de recomendar vitamina D para prevenção de quedas em idosos
idosas andando pelo corredor do hospital

USPSTF deixa de recomendar vitamina D para prevenção de quedas em idosos

Tempo de leitura: 2 minutos.

U.S. Preventive Services Task Force (USPSTF ) atualizou seu guideline de 2012 com recomendações para prevenção de quedas em idosos (≥ 65 anos). Entre as novidades do documento, a força tarefa agora não recomenda mais a suplementação de vitamina D.

A orientação foi publicada como um Draft Recommendation Statement, ou seja, um rascunho distribuído com o objetivo de receber a contribuição do público. A Task Force informa também que o posicionamento final da recomendação será desenvolvido após uma análise cuidadosa dos comentários recebidos.

São elas:

  • A USPSTF não recomenda a vitamina D para prevenir quedas em adultos com idade igual ou superior a 65 anos. Evidências apontam que a suplementação não reduz o risco em pacientes que não são deficientes em vitamina D.
  • Médicos devem oferecer intervenções multifatoriais seletivas para evitar quedas em idosos em maior risco. Evidências indicam que o benefício geral de oferecer intervenções multifatoriais rotineiramente é pequeno. Ao determinar se este serviço é apropriado, pacientes e médicos devem considerar o equilíbrio de benefícios e danos com base nas circunstâncias de quedas anteriores, presença de comorbidades e os valores e preferências do paciente.
  • A USPSTF recomenda o exercício físico para prevenir quedas em idosos com risco aumentado.

Veja também: ‘Você pergunta sobre quedas na sua anamnese? Como abordar e preveni-las?’

Assim como no documento de 2012, a USPSTF também recomenda:

  • Vitamina D e suplementação de cálcio para prevenir fraturas em mulheres na pré-menopausa e homens.
  • Mulheres pós-menopáusicas não devem tomar 400 UI ou menos de vitamina D e nem 1000 mg ou menos de cálcio por dia, porque não há efeito na prevenção de fraturas.

Veja o Draft Recommendation Statement completo nesse link.

E mais: ‘Pesquisadores encontram novo indicador para prever risco de queda em idosos’

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.