Página Principal > Infectologia > Vacina contra a gripe de dose padrão é suficiente para proteger idosos?
close de vacina sendo injetada em braço de homem

Vacina contra a gripe de dose padrão é suficiente para proteger idosos?

Tempo de leitura: 2 minutos.

A infecção do trato respiratório inferior, incluindo pneumonia, bronquite e traqueobronquite, é a principal causa de hospitalização por doenças infecciosas e mortalidade em adultos mais velhos ou com idade igual ou superior a 65 anos, especialmente em idosos frágeis, como aqueles que residem em casas de repouso.

A vacinação contra a gripe está associada à redução da hospitalização e da mortalidade, e menos acidentes vasculares cerebrais e ataques cardíacos em adultos com idade igual ou superior a 50 anos. Entretanto, existem controvérsias a respeito do benefício para as populações idosas, incluindo os residentes de casa de repouso.

As respostas imunológicas às vacinas contra influenza diminuem com a idade, reduzindo a eficácia clínica. Um estudo conduzido nos Estados Unidos comparou os efeitos da vacina contra a gripe trivalente de mais alta dose imunogênica com uma vacina de dose padrão em uma população residente de casas de repouso para identificar o efeito na redução das hospitalizações.

Veja também: ‘Recomendações para prevenção e controle da Influenza em crianças (2016-2017)’

No total, 823 instalações foram recrutadas para participar do estudo, das quais 409 foram randomizadas para que os residentes recebessem uma vacina de alta dose e 414 instalações para que os residentes recebessem uma vacina de dose padrão.

Quando comparado com a vacina de dose padrão, a vacina contra a gripe de alta dose reduziu o risco de hospitalizações por causas respiratórias de idosos residentes de casas de repouso. A incidência de hospitalizações por causas respiratórias foi significativamente menor nas instalações onde os residentes receberam vacinas contra a gripe de alta dose do que naquelas que receberam vacinas contra a gripe de dose padrão (3,4% versus 3,9% ao longo de 6 meses; risco relativo [RR] não ajustado: 0,888; intervalo de confiança [IC] de 95%: 0,785 a 1,005; p=0,061; e RR ajustado: 0,873; IC 95%: 0,776 a 0,982; p=0,023).

Dessa forma, as vacinas de alta dose podem oferecer uma vantagem prática de redução da admissão hospitalar para pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, como para aqueles que vivem em lares de idosos. O estabelecimento de uma melhor eficácia da vacina em uma população de idosos de casa de repouso é um importante achado, considerando que esta população geralmente tem uma resposta de vacina reduzida por causa fragilidade do sistema imunológico e múltiplas morbidades e apresenta risco elevado de hospitalização por múltiplos motivos, além de doenças respiratórias.

E mais: ‘Podemos prevenir mortes causadas por influenza grave?’

Autora:

Referências:

  • Gravenstein S et al. Comparative effectiveness of high-dose versus standard-dose influenza vaccination on numbers of US nursing home residents admitted to hospital: A cluster-randomized trial. Lancet Respir Med 2017 Jul 20; [e-pub]. (http://dx.doi.org/10.1016/S2213-2600(17)30235-7)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.