Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Colunistas / Vírus da bronquiolite grave aumenta risco de desenvolver asma?
médica atendendo menina com asma

Vírus da bronquiolite grave aumenta risco de desenvolver asma?

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Tempo de leitura: 2 minutos.

A bronquiolite induzida por vírus sincicial respiratório (respiratory syncytial vírus – RSV) e rinovírus (rhinovirus – RV) está associada a um risco aumentado de asma, mas ainda são necessários mais estudos. Dessa forma, com o objetivo de avaliar se os tipos de RSV ou RV estão diferencialmente associados ao uso futuro de medicamentos para controle da asma, Bergroth e colaboradores realizaram o estudo Rhinovirus type in severe bronchiolitis and the development of asthma publicado em setembro no The Journal of Allergy and Clinical Immunology: In Practice.

Bronquiolite grave e asma

O estudo, de caráter prospectivo, foi realizado em três hospitais da Finlândia em um período de quatro anos. Durante duas temporadas de inverno consecutivas (2008-2010), 408 crianças hospitalizadas por bronquiolite com idade <24 meses foram incluídas.

A detecção do vírus foi realizada por PCR de transcrição reversa em tempo real a partir de amostras de aspirado nasal. Quatro anos depois, os pesquisadores avaliaram se os pacientes incluídos estavam em uso atual de medicamentos para controle da asma.

cadastro portal

Resultados:

  • 349 (86%) crianças completaram o seguimento de quatro anos;
  • No início do estudo, a idade média foi de 7,5 meses;
  • O painel viral encontrado no início do estudo foi: 42% – RSV; 29% – RV; 2% – RSV e RV; 27% – não RSV/RV;
  • As crianças com bronquiolite por RV-A [taxa de risco ajustada (aHR) 2,3; P = 0,01], RV-C (aHR 3,5; P <0,001) e sem RSV/ -RV (aHR 2,0; P = 0,004) iniciaram a medicação de controle da asma mais cedo do que crianças com bronquiolite por RSV;
  • Quatro anos depois, 27% dos pacientes usavam medicação para controle da asma; tanto a etiologia por RV-A [odds ratio ajustada (aOR) 3,0; P = 0,03] quanto por RV-C (aOR 3,7; P <0,001) foram associadas ao uso atual de medicamentos para asma;
  • O maior risco foi encontrado entre os pacientes com RV-C, dermatite atópica e febre (aOR 5,0, P = 0,03).

Veja mais: Montelucaste e eventos neuropsiquiátricos em crianças com asma

Os autores concluíram que crianças com bronquiolite grave causada por RV-A e RV-C iniciaram medicamentos para controle da asma de forma precoce e prolongada. Os autores enfatizaram que o risco foi especialmente alto quando a bronquiolite foi associada a RV-C, a dermatite atópica e a febre.

Autor:

Referências bibliográficas:

  • Bergroth E, Aakula M, Elenius V, et l. Rhinovirus type in severe bronchiolitis and the development of asthma. The Journal of Allergy and Clinical Immunology: In Practice. 2019 Sep 11. pii: S2213-2198(19)30768-8.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.