Vitamina D e cálcio realmente evitam fraturas? - PEBMED

Vitamina D e cálcio realmente evitam fraturas?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

De acordo com uma recente metanálise de artigos revisados pela Cochrane, suplementação universal de vitamina D e cálcio para mulheres com mais de 50 anos não tem impacto na incidência de fraturas.

Para realização da metanálise foram selecionados estudos que mostravam o impacto da suplementação de vitamina D e cálcio (associados ou isolados) na incidência de fraturas, assim como foram descartados estudos que consideravam pacientes institucionalizados e /ou em tratamento para outras doenças.

O resultado mostrou que nenhum dos três tipos de suplementação reduziu a chance de fraturas nos pacientes, e a conclusão do trabalho é que não existe justificativa para suplementação em grupos sem comorbidades e que vivem na comunidade (não institucionalizados).

Leia também: ‘Vitamina D tem relação com o desenvolvimento da demência?’

Autora:

Referências:

  • Association Between Calcium or Vitamin D Supplementation and Fracture Incidence in Community-Dwelling Older Adults – A Systematic Review and Meta-analysis, Jia-Guo Zhao, MD; Xian-Tie Zeng, MD; Jia Wang, MD; Lin Liu, MD , JAMA volume 318, dezembro de 2017.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Um comentário

  1. Lucas Rabelo Barbosa

    Boa Noite
    Meu nome é Lucas Rabelo. Médico

    Dra. Como tem sido sua condução de casos onde os pacientes, sobretudo nas mulheres, idosas e com fatores de risco para fratura ósseas?
    Estudos anteriores mostravam redução das fraturas ósseas (não vertebrais) sobretudo na associação de Colecalciderol 800 + calcio 1,2g.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar