Leia mais:
Leia mais:
Fórum de Sepse 2022: Gerenciamento de dados do protocolo de sepse
Fórum de Sepse 2022: tratamento de sepse na era da multirresistência
Fórum de Sepse 2022: biologia molecular – aplicações à beira-leito
Fórum de Sepse 2022: vasopressores devem ser iniciados com a fluidoterapia em pacientes com hipotensão?
Fórum de Sepse 2022: Sepse provável ou sepse possível?

Volume de líquido intravenoso na primeira hora de choque séptico e mortalidade em crianças

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Um estudo publicado no Annals of Emergency Medicine International Journal, em maio deste ano, teve o objetivo de determinar se o volume administrado maior ou igual a 30 mL/kg de fluido intravenoso (IV) na primeira hora após a chegada ao pronto-socorro (PS) está associado à mortalidade atribuível à sepse em crianças com choque séptico hipotensivo. 

choque séptico

Metodologia

Para tal artigo, foi realizado um estudo coorte retrospectivo em 57 PS. Pacientes com menos de 18 anos de idade com choque séptico hipotensivo que receberam seu primeiro bolus IV de fluido dentro de uma hora da chegada ao PS foram pareados pelo escore de propensão para probabilidade de receber um volume igual ou superior a 30 mL/kg na primeira hora. A mortalidade atribuível à sepse foi comparada. Foram avaliados, secundariamente, a associação entre o volume de líquidos na primeira hora e a mortalidade atribuível à sepse em todas as crianças com suspeita de sepse na primeira hora após a chegada ao PS, independentemente da pressão arterial. 

Dos 1.982 indivíduos que tiveram choque séptico hipotensivo e receberam um primeiro bolus de fluido dentro de uma hora após a chegada ao PS, 1.204foram pareados por propensão. Nos 602 pacientes pareados que receberam volume maior ou igual a 30 mL/kg de fluido, 26 (4,3%) tiveram mortalidade atribuível à sepse em 30 dias, em comparação com 25 (4,2%) dos 602 que receberam menos de 30 mL/kg (odds ratio [OR] 1,04, intervalo de confiança de 95% [IC95%] 0,59 a 1,83). Entre os pacientes com suspeita de sepse, independente da pressão arterial, a mortalidade atribuível à sepse em 30 dias foi de 3% naqueles que receberam volume igual ou superior  a 30 mL/kg versus 2% naqueles que receberam menos de 30 mL/kg (OR 1,52, IC 95% 0,95 a 2,44.).

Fórum de Sepse 2022: barreiras para implementação do protocolo de sepse

Considerações

Neste estudo, a administração de volume igual ou maior a 30 mL/kg dentro da primeira hora de atendimento no PS em crianças com choque séptico hipotensivo não foi associada à mortalidade em comparação a pacientes que receberam um volume  inferior a 30 mL/kg.

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
# Eisenberg MA, Riggs R, Paul R, et al. Association between the first-hour intravenous fluid volume and mortality in pediatric septic shock.  [published online ahead of print, 2022 May 22] Annals of Emergency Medicine International Journal. doi: https://doi.org/10.1016/j.annemergemed.2022.04.008 
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.