Whitebook: dor abdominal crônica em crianças

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Publicamos um quiz sobre um paciente que evoluiu com dor abdominal em 24 horas. . Por isso, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do  Whitebook Clinical Decision vamos falar sobre a apresentação clínica da dor abdominal crônica em crianças.

Baixe agora gratuitamente o Whitebook e tenha tudo sobre todas as condutas médicas, na palma da mão!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é parte de uma conduta do Whitebook e é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

Anamnese

Deve-se inicialmente excluir causas orgânicas para a dor abdominal, originadas por natureza anatômica, infecciosa, inflamatória ou bioquímica.

Questionar sobre febre prolongada, perda de peso, queixas articulares, úlceras orais recorrentes, vômitos, disfagia, hematêmese, melena, disúria, hematúria, hábito intestinal, uso de medicações, história familiar, alergias.

Os pacientes com dor abdominal funcional, em geral, apresentam dor abdominal pouco localizada ou localizada na região periumbilical. Os episódios álgicos duram menos de uma hora, se resolvem espontaneamente e podem ser desencadeados por situações de estresse. A criança permanece bem entre os episódios, mas pode ter sinais de ansiedade ou depressão. Não existem sinais de alarme nesses pacientes.

Dispepsia funcional: Dor epigástrica ou periumbilical, plenitude prandial, náuseas, vômitos, regurgitações, eructações, pirose e distensão epigástrica. Todos os sintomas podem ser desencadeados pela alimentação.

Síndrome do intestino irritável (SII): Dor abdominal em cólica e sem irradiação, associada a alteração do hábito intestinal, diarreia ou constipação. A dor agrava-se durante as refeições e pode ser aliviada com evacuação ou liberação de flatos. Devem estar presentes as alterações no número das evacuações, alteração na consistência das fezes, defecação anormal, muco, flatulência ou sensação de distensão abdominal.

Enxaqueca abdominal: Dor periumbilical, que pode ser tão intensa a ponto de interromper atividades, inclusive de lazer. Dura de poucas horas a dias, e pode ser precedida por aura. Anorexia, náuseas, vômitos, cefaleia unilateral, palidez e fotofobia podem acompanhar a dor.

Dor abdominal crônica funcional isolada: Dor abdominal aparece como sintoma isolado. Deve ocorrer pelo menos uma vez por semana, por pelo menos dois meses.

Síndrome da dor abdominal funcional: Mesmas características do grupo anterior, mas os episódios afetam suas atividades diárias e/ou apresentam outros sintomas associados à dor abdominal, como cefaleia, dor nos membros e dificuldade para dormir.

Exame Físico

Investigar desaceleração pôndero-estatural, atraso puberal, icterícia, palidez, distensão abdominal. Realizar exame físico completo, com aferição de sinais vitais e avaliação do estado geral do paciente.

Realizar o exame abdominal minuciosamente à procura de circulação colateral, palpação de massas, visceromegalias, dor à palpação e sinais de irritação peritoneal, doença perianal (fístula, abscesso e plicoma).

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar