Página Principal > Medicina Interna (Página 31)

Medicina Interna

junho, 2015

  • 4 junho

    O que mudou nos jovens médicos?

    Recentemente li um editorial que saiu no New England Journal Of Medicine (NEJM) intitulado “Getting the Right Medical Students — Nature versus Nurture”.  Não por mera coincidência esta excelente publicação chegou até mim via um email de um professor que debate artigos todas as semanas na universidade federal que estudei. Já não frequento a universidade como aluno há alguns anos, …

  • 1 junho

    Testou-se de tudo… Mas deu Zika!

    A população de Camaçari, no interior da Bahia, ficou assustada quando no final de março deste ano ocorreu uma série de casos de pessoas com sintomas semelhantes aos da dengue, porém com diagnóstico não confirmado pela sorologia viral. Exames descartaram o diagnóstico de dengue, febre amarela, rubéola, sarampo e febre chikungunya. A doença misteriosa, que em muito se assemelha as …

maio, 2015

  • 24 maio

    Como garantir os desejos do seu paciente: Diretrizes Antecipadas de Vontade

    Na última sexta feira abordamos os principais dilemas enfrentados por médico no exercício da profissão, a partir do ponto de vista em uma pesquisa realizada pelo site americano medscape. Uma das principais questões em debate na pesquisa foi o posicionamento do médico frente ao desejo do paciente no fim da vida. As diretrizes antecipadas de vontade é um mecanismo através …

  • 22 maio

    Ética, crença e vida: Dilemas da profissão médica

    Os médicos se deparam com muitas decisões que podem vir a ser dolorosas durante suas carreiras. Muitas situações envolvem prolongar ou ter que por um fim a vida de um paciente. Isso acaba gerando debates entre esses profissionais, que podem ter valores e princípios diferentes um dos outros. O Medscape realizou uma pesquisa com mais de 21 mil médicos, que …

  • 19 maio

    AVE Pediátrico: Quando suspeitar, como diagnosticar e tratar

    Seguindo o post de domingo passado (“AVE pediátrico: O vilão sorrateiro, o diagnóstico ignorado!“), em razão do mês de conscientização do AVE (American Stroke Awareness Month), completamos nossa reportagem sobre o AVE pediátrico com orientações da American Stroke Association de como abordar a suspeita do quadro. Há dois tipos de AVE pediátrico, o perinatal e o infantil: AVE perinatal: Ocorre …

  • 17 maio

    AVE pediátrico: O vilão sorrateiro, o diagnóstico ignorado!

    O acidente vascular encefálico (AVE) é uma das principais causas de mortalidade no Brasil e no mundo. Seus clássicos sinais de déficit focal: disartria, hemiparesia/plegia e rebaixamento do nível de consciência são confrontados diariamente em todos os serviços de pronto-atendimento. Dada a prevalência, suspeitar deste diagnóstico em idosos com múltiplas co-morbidades cardiovasculares não é difícil, mas e em crianças? Como …

  • 14 maio

    Obesidade: Uma doença da mente?

    A obesidade é um tema recorrente em discussão na sociedade. Os números mais recentes da OMS apontam este problema como uma epidemia que se alastra por todos os países. Milhões de pessoas ao redor do mundo morrem de doenças relacionadas ao ganho de peso excessivo. Pesquisas de novos tratamentos para este problema estão surgindo dia após dia ao redor do …

  • 10 maio

    Pycnogenol: Uma nova esperança na prevenção cardiovascular

    Muito se fala em prevenção de doença coronariana e risco cardiovascular, o controle da hipertensão, do diabetes e da dislipidemia é amplamente difundido e determinado por guidelines internacionais. As consultas dos clínicos e cardiologistas sempre são acompanhadas da rotineira análise destes fatores de risco, com tomada de medidas de controle e prevenção, sejam por medicamentos ou por mudanças no estilo …

  • 7 maio

    Você não precisa de antibióticos!

    O uso excessivo e indiscriminado de antibióticos é um mal provocado por médicos e pacientes e que irá afetar toda a população humana. A cada semana, bactérias ao redor do mundo tornam-se mais resistentes. Este é um processo em evolução desde a descoberta da penicilina por Alexander Fleming no início do século XX. Apesar dos avanços científicos no combate às …

  • 3 maio

    Adiar transferências para o CTI aumenta o risco de morte e prolonga tempo de internação

    O American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine publicou recentemente um escore capaz de avaliar o risco de parada cardiorrespiratória, transferência para unidade de terapia intensiva e morte, em pacientes internados em enfermarias hospitalares. O uso de ferramentas de estratificação de risco não é nenhuma novidade na medicina, porém a pontuação proposta pelo novo escore é bem mais abrangente …