1/4 das meninas apresenta sinais de depressão aos 14 anos

Quase 25% de meninas e 10% de meninos sofrem de depressão aos 14 anos de idade, sugere uma análise feita pela University of Liverpool e pela University College London.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Quase 25% de meninas e 10% de meninos sofrem de depressão aos 14 anos de idade, sugere uma análise feita pela University of Liverpool e pela University College London, com base no Millennium Cohort Study.

Para o estudo, publicado no National Children’s Bureau, pesquisadores analisaram toda a base do Millennium Cohort Study, com mais de 10 mil crianças nascidas em 2000 e 2001, com o objetivo de reunir informações sobre sintomas de depressão.

Nas idades 3, 5, 7, 11 e 14, o relato sobre a saúde mental foi feito pelos pais de cada participante. Aos 14 anos, as próprias crianças também responderam questionários sobre sintomas depressivos. A conclusão foi de que 24% das meninas e 9% dos meninos sofriam de depressão.

Veja também: ‘Atividade física na idade escolar reduz o risco de depressão’

Os problemas comportamentais, como desobediência, brigas e a rebeldia diminuíram desde a infância até aos 5 anos de idade, mas aumentaram até os 14 anos. Meninos foram mais propensos a terem problemas de comportamento durante a infância e adolescência precoce.

Outro dado importante da pesquisa foi que, aos 14 anos, os relatos de problemas emocionais feito pelas crianças foram diferentes dos pais. Para os autores, esse achado enfatiza a importância de considerar os pontos de vista dos jovens sobre sua própria saúde mental no momento do diagnóstico.

A pesquisa também investigou a relação entre os sintomas depressivos e a renda familiar. Em geral, jovens de 14 anos de famílias mais estruturadas e com maior renda apresentaram menor probabilidade de ter altos níveis de sintomas depressivos em comparação com seus pares de lares mais pobres.

Você sabia? ‘Brasil tem a maior taxa de depressão da América Latina’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades

Tags