Abordagem à síndrome gripal durante a pandemia de coronavírus

As infecções respiratórias são mais comuns no inverno e com a pandemia de coronavírus, a tendência é um crescimento exponencial do caso.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

As infecções respiratórias, com destaque para o resfriado comum e a gripe, são mais comuns no inverno e com a pandemia de coronavírus, a tendência é um crescimento exponencial do caso, em especial nos locais com transmissão local confirmada, como o eixo Rio-SP.

O grande problema do foco excessivo no Covid-19 é deixarmos passar outras causas comuns porém tratáveis, como influenza e pneumonia bacteriana grave. É semelhante à epidemia de dengue, onde acham que toda plaquetopenia é dengue grave. O que fazer então?

mulher com coronavírus espirrando em um papel

Abordagem à síndrome gripal

Passo 1: Identifique os casos graves e as pessoas de maior risco

Casos graves:

  • Dispneia;
  • FR > 30 irpm;
  • Uso musculatura acessória;
  • Tiragem;
  • Cianose;
  • Hipoxemia (O2 < 90%);
  • Confusão mental;
  • Hipotensão;
  • Oligúria;
  • Lactato > 2 mmol/L;
  • Enchimento capilar lentificado (>3,5-5 seg).

Pessoas de maior risco:

  • Idosos;
  • Pneumopatia;
  • Cardiopatia;
  • Uso imunossupressores;
  • Renais crônicos;
  • Oncológicos.

Passo 2: Colete informações para estimar melhor gravidade e fazer diagnóstico diferencial

  1. Hemograma com PCR e procalcitonina.
  2. Função renal e eletrólitos.
  3. Gasometria arterial com lactato.
  4. TC tórax.
  5. Swab orofaríngeo e nasal – faça todo painel viral! Inclua influenza!

Quadros virais, incluindo Covid-19, apresentam mais comumente linfopenia. Um estudo apontou que D-dímero e LDH podem ser preditores de casos graves.

Passo 3: Quem eu vou internar?

  1. Todos os doentes com sinais de gravidade
  2. Pessoas de risco após análise individual do caso: a hospitalização é mais indicada quando há sinais da doença grave, podendo casos leves serem monitorados em casa. É importante ter em mente que a janela de piora se estende por duas semanas após o início dos sintomas! Então, fique de olho!

Leia também: Abordagem ao paciente com hipoxemia aguda e grave

Passo 4: Tratamento

É fundamental que no doente grave, com risco de vida, seja iniciado tratamento com oseltamivir e macrolídeo/betalactâmico até a excluirmos com certeza que o quadro não é influenza ou bacteriano!!

Os exames de leuco, proteína C reativa e o PCR dos swabs são a sua maior ferramenta!

No caso de confirmação do Covid-19, o tratamento é de suporte, como os demais casos de SDRA. Muitos médicos estão recomendando intubação precoce nos casos de insuficiência respiratória, pois VNI e alto fluxo de oxigênio ajudam a disseminar o vírus no ambiente.

Há, ainda, a preocupação com medicações adjuvantes. Até o momento, a posição da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e da European Society of Cardiology (ESC) é para mantermos iECA e BRA. Já o ibuprofeno é mais simples: ele não melhora sobrevida de nada e temos milhares de alternativos no Brasil!

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão