Acne: aprenda a identificar e tratar a condição dermatológica - PEBMED

Acne: aprenda a identificar e tratar a condição dermatológica

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Essa semana no Portal da PEBMED falamos de um novo tratamento de ACNE aprovado pela FDA. Por isso, em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision, separamos os critérios sobre apresentação clínica e diagnóstico da acne.

Veja as melhores condutas médicas no Whitebook Clinical Decision!

Este conteúdo deve ser utilizado com cautela, e serve como base de consulta. Este conteúdo é destinado a profissionais de saúde. Pessoas que não estejam neste grupo não devem utilizar este conteúdo.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Descrição da lesão:

    Vai depender do estado inflamatório das lesões (acne não inflamatória e acne inflamatória). Existem algumas formas de classificar a acne, acreditamos que o modelo descritivo compreenda melhor as características das lesões:

  • Acne não inflamatória (comedoniana): predominam os comedões (“cravos”) que podem ser abertos ou fechados.
  • Acne inflamatória papulopustulosa: além dos comedões, há inflamação com pápulas eritematosas e pústulas.
  • Acne inflamatória nodulocística: além de comedões, pápulas e pústulas, há nódulos e lesões císticas.
  • Acne conglobata: além de comedões, pápulas, pústulas, há presente de nódulos intensamente inflamatórios com evolução para abscessos e fístulas que drenam pus.

Fatores de risco: Puberdade/adolescência; estados de hiperandrogenismo endógeno ou exógeno; síndrome dos ovários policísticos, hipercortisolismo.

Sinais e sintomas concomitantes: As lesões de acne são assintomáticas.

O que perguntar na anamnese e atentar no exame físico: Quando comum é por vezes transitório da puberdade/adolescência. Quando em indivíduos fora dessa faixa, deve-se investigar endocrinopatias, síndrome dos ovários policísticos, suplementações alimentares ou hormonais.

O diagnóstico e classificação da acne é clínico.

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia-a-dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica. Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Seu conteúdo tem o objetivo de informar panoramas recentes da medicina, devendo ser interpretado por profissionais capacitados.

Para diagnósticos e esclarecimentos, busque orientação profissional. Você pode agendar uma consulta aqui.

Um comentário

  1. Messias Inácio dos Santos

    Gostei de falar sobre acne

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar