Anvisa recebe pedido para autorização de estudo de vacina da UFRJ contra Covid-19

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Na última sexta-feira, 6, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu o pedido para a autorização dos estudos de fase 1 e 2 da vacina contra Covid-19 S-UFRJvac. O imunizante em questão é desenvolvido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 

Saiba mais: Anvisa recebe pedido de uso emergencial de vacina contra Covid-19 da Sinopharm

Anvisa recebe pedido para autorização de estudo de vacina da UFRJ

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Análise da solicitação

Segundo a publicação da Anvisa e seus protocolos, a análise da agência irá considerar a proposta do estudo, o número de participantes e os dados de segurança obtidos até o momento nos estudos pré-clínicos, que são realizados em laboratório e em animais.

De acordo com o comunicado, a Anvisa já havia realizado reuniões no ano passado para orientações e esclarecimentos aos pesquisadores e desenvolvedores da vacina da UFRJ. 

No último dia 24 de junho deste ano, uma nova reunião foi realizada para apresentação da estratégia de desenvolvimento dos estudos não clínicos, mas sem envio de nenhum documento ou estudo de forma oficial para a agência.

Leia também: Hospitais de Belo Horizonte recrutam voluntários para estudar anticorpos contra a Covid-19

A vacina da UFRJ

O imunizante da universidade utiliza como ingrediente farmacêutico ativo (IFA) uma cópia da proteína S spike. A proteína spike é uma das proteínas responsáveis pela estrutura tridimensional do SARS-CoV-2. 

O desenvolvimento da vacina é feita sob coordenação e liderança da professora Leda Castilho, da Coppe/UFRJ.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar