Aprovadas as vacinas Coronavac e Oxford pela Anvisa

Tempo de leitura: 2 min.

A Anvisa aprovou, por unanimidade, o uso emergencial das vacinas Coronavac e Oxford contra a Covid-19, na tarde de hoje, 17.

De forma inédita, o órgão realizou uma reunião com transmissão aberta, apresentando os relatórios técnicos de cada um dos institutos, bem como seus pareceres nas diferentes áreas.

Gustavo Mendes Santos Lima, gerente-geral da gerência geral de medicamentos, fez uma extensa e detalhada apresentação técnica, ressaltando como ponto de atenção em relação a Coronavac o fato de que os dados relativos à imunidade ao longo do tempo.

Além da avaliação técnica, a reunião teve a apresentação de Fabrício Carneiro, coordenador de inspeção e fiscalização de insumos farmacêuticos, que trouxe a avaliação de boas práticas de fabricação recomendação de aprovação e de Suzie Marie Teixeira Gomes, gerente geral de monitoramento de produtos sujeitos à vigilância sanitária, que trouxe a avaliação dos dados de plano de gerenciamento de risco, também recomendando a aprovação de ambas.

Com base nos pareceres, a relatora Meiruze de Freitas, em seu voto, que foi seguido pelos demais, aprovou a liberação de uso de ambas as vacinas, com a ressalva de que o Instituto Butantã entregue um de termo de compromisso de entrega desses estudos de imunogenicidade assinado para ser publicado em Diário Oficial.

Primeira brasileira vacinada no Brasil com Coronavac

Após as quase cinco horas de reunião, o governo de São Paulo realizou, de forma simbólica, a vacinação da primeira brasileira. A escolhida foi a enfermeira do Instituto de Infectologia Emílio Ribas Mônica Calazans, de 54 anos. Em sua fala, Mônica disse para a população acreditar na vacina.

Vacinação Nacional

Após a reunião da Anvisa, o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, também fez uma coletiva, informando que a partir de segunda-feira, às 07h, será feita a distribuição das vacinas nos estados e que a vacinação começa no país na quarta-feira, às 10h.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED.

Relacionados