Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Farmacologia / Aprovado novo medicamento para tipo dominante de câncer de mama
paciente com câncer de mama fazendo quimioterapia enquanto olha pela janela

Aprovado novo medicamento para tipo dominante de câncer de mama

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Tempo de leitura: 3 minutos.

Foi aprovada no Brasil a comercialização do Piqray® (alpelisibe), o primeiro tratamento específico para pacientes com câncer de mama avançado ou metastático HR+/HER2-, com mutação PIK3CA, após progressão da doença durante ou após o uso de terapia inicial de base endócrina.

Produzido pela farmacêutica Novartis, Piqray é indicado em combinação com o medicamento fulvestranto para o tratamento de mulheres na pós-menopausa e homens.

O estudo SOLAR-1 de fase III demonstrou que a combinação dos fármacos quase dobrou a sobrevida livre de progressão (SLP) de 5,7 para 11,0 meses em pacientes com câncer de mama metastático, com a mutação PIK3CA, em comparação ao uso do fulvestranto isolado.

O fármaco forneceu resultados de SLP consistentes em subgrupos pré-especificados, independente de tratamento anterior com CDK4/6 e presença ou ausência de metástases pulmonares/hepáticas.

Leia também: Exame genético reduz em 70% as sessões de quimioterapia para câncer de mama

PIK3CA é a mutação mais encontrada no câncer de mama tipo HR+/HER2-, atingindo 40% das pacientes. Essas mutações estão associadas ao crescimento do tumor, à resistência ao tratamento endócrino e a um mau prognóstico geral.

Estima-se que 20% a 50% dos pacientes com câncer de mama em estágio inicial desenvolverão a doença em estágio metastático. O câncer de mama é o tipo mais incidente de câncer entre as pacientes brasileiras depois do câncer de pele não melanoma.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), apenas em 2018, foram identificados 60 mil novos casos da doença no país.

Mais sobre o Alpelisibe

O Alpelisibe é um inibidor de quinase aprovado em combinação com fulvestranto para o tratamento de mulheres pós-menopáusicas e homens com câncer de mama avançado HR+/HER2-, com mutação PIK3CA após progressão da doença que tenha ocorrido durante ou após o uso de terapia inicial de base endócrina.

Cerca de 40% dos pacientes com câncer de mama avançado HR+ têm uma mutação que pode ativar a isoforma PI3K-alfa, chamada de mutação PIK3CA. Essas mutações estão associadas à resistência à terapia endócrina, à progressão da doença e ao mau prognóstico geral.

O Piqray® funciona inibindo a via PI3K, predominantemente a isoforma PI3K-alfa, para abordar o efeito da mutação PIK3CA.

No atendimento às pacientes com câncer

Os médicos devem sempre informar aos seus pacientes sobre todos os tratamentos disponíveis para o câncer de mama avançado e também como lidar com a doença, em seus diferentes estágios.

O foco do tratamento nesta fase metastática não deve ser a cura, mas o controle da doença e a manutenção da qualidade de vida. Não há um padrão de tratamento universal para o câncer de mama metastático, pois tudo depende do quadro de cada paciente.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor:

Referências bibliográficas:

  • Tolaney S, Toi M, Neven P, et al. Presented at: 2019 American Association for Cancer Research (AACR) Annual Meeting; March 29-April 3, 2019; Atlanta, GA.
  • Di Leo A, Johnston S, Seok Lee K, et al. Lancet Oncol. 2018;19(1):87-100.
  • Moynahan ME, Chen D, He W, et al. Br J Cancer. 2017;116(6):726-730002E
  • The Cancer Genome Atlas Network. Comprehensive molecular portraits of human breast tumours. Nature. 2012;490(7418):61-70.
  • Sobhani N, Roviello G, Corona SP et al. The prognostic value of PI3K mutational status in breast cancer: a meta-analysis. J Cell Biochem. 2018;119(6):4287-4292.
  • Bula do produto aprovada pela Anvisa. Publicação em DOU de 09/09/2019 através da RESOLUÇÃO-RE Nº 2.511, de 5 de setembro de 2019.
  • André F, Ciruelos E, Rubovszky G. Alpelisib for PIK3CA-Mutated, Hormone-Receptor-Positive Advanced Breast Cancer. N Eng J Med 2019.
  • André F, Ciruelos EM, Rubovszky G et al. Alpelisib (ALP) + fulvestrant (FUL) for advanced breast cancer (ABC): Results of the phase III SOLAR-1 trial. Annals of Oncology, Vol 29, Suppl 8, October 2018, Abstract LBA3_PR.
  • Juric D, Ciruelos EM, Rubovszky G et al. Alpelisib (ALP) + fulvestrant (FUL) for advanced breast cancer (ABC): Phase 3 SOLAR-1 trial results. Presented at the San Antonio Breast Cancer Symposium (SABCS) (Abstract #GS3-08) on December 6, 2018.
  • http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/resolucao-re-n-2.511-de-5-de-setembro-de-2019-215164017
  • André F, Ciruelos EM, Rubovszky G et al. Alpelisib (ALP) + fulvestrant (FUL) for advanced breast cancer (ABC): Results of the phase III SOLAR-1 trial. Annals of Oncology, Vol 29, Suppl 8, October 2018, Abstract LBA3_PR.
  • The Cancer Genome Atlas Network. Comprehensive molecular portraits of human breast tumours. Nature. 2012;490(7418):61-70.
  • Sabine V, Crozier C, Brookes C, et al. Mutational analysis of PI3K/AKT signaling pathway in tamoxifen exemestane adjuvant multinational pathology study. Journal of Clinical Oncology. 2014; 32:2951-2958.
  • Miller TW, Rexer BN, Garrett JT, et al. Mutations in the Phosphatidylinositol 3-Kinase Pathway: Role in Tumor Progression and Therapeutic Implications in Breast Cancer. Breast Cancer Res. 2011.
  • Saal LH, Johansson P, Holm K. Poor prognosis in carcinoma is associated with a gene expression signature of aberrant PTEN tumor suppressor pathway activity. PNAS. 2007;104(18):7564-7569.
    Cancer Treatment Reviews 59 (2017) 22–32.
  • https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-mama Acessado em julho de 2019.
  • Piqray (alpelisib) Prescribing Information. East Hanover., New Jersey, USA: Novartis Pharmaceuticals Corporation; May 2019.
  • Tolaney S, Toi M, Neven P, et al. Presented at: 2019 American Association for Cancer Research (AACR) Annual Meeting; March 29-April 3, 2019; Atlanta, GA.
  • http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/resolucao-re-n-2.511-de-5-de-setembro-de-2019-215164017
  • Bula do produto aprovada pela Anvisa. Publicação em DOU de 09/09/2019 através da RESOLUÇÃO-RE Nº 2.511, de 5 de setembro de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.