As mudanças mais importantes na Cardiologia nos últimos anos

Nesse Dia Mundial do Coração, Dr. Antonio Lagoeiro fala sobre as mudanças mais importantes na Cardiologia nos últimos anos.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Nesse Dia Mundial do Coração, Dr. Antonio Lagoeiro fala sobre as mudanças mais importantes na Cardiologia nos últimos anos.

O grande avanço da cardiologia nas últimas décadas foi a redução da mortalidade cardiovascular, consequência de um melhor entendimento da doença cardiovascular e no desenvolvimento de novas técnicas diagnósticas e terapêuticas. As principais inovações ou descobertas na cardiologia, que tiveram impacto no cuidado do paciente, foram:

  • A eletrocardiografia;
  • A prevenção da doença cardiovascular através do Estudo de Framingham;
  • A hipótese lipídica e o desenvolvimento da aterosclerose;
  • As unidades coronarianas;
  • O ecocardiograma;
  • A terapia trombolítica;
  • Cateterismo cardíaco e angioplastia coronariana;
  • Cirurgia cardíaca e os desfibriladores cardíacos implantáveis automáticos.

Apesar de todo avanço, as doenças cardiovasculares continuam sendo a principal causa de morte e incapacitação no mundo e cerca de 17,3 milhões de pessoas morre todo ano por causa de doença cardiovascular. Fatores de risco modificáveis como o sedentarismo, a dieta inadequada, tabagismo, diabetes, hipertensão arterial e o sobrepeso/obesidade permanecem os grandes vilões da doença cardiovascular.

Novos medicamentos e recomendações clássicas como fazer exercício e dieta mostram que o controle dos fatores de risco pode reduzir o risco da doença cardiovascular.

Mudança na alimentação – Estudo Pure

A associação entre uma alimentação com frutas, legumes e vegetais e doença cardiovascular e morte tem sido investigada extensivamente em todo o mundo. O estudo PURE¹ mostrou que alta ingestão de frutas, vegetais e legumes está associado com menor risco de morte não cardiovascular e todas as causas de morte e uma tendência não significativa para mortalidade cardiovascular na população global. Estudos prévios e muitos guias alimentares nos EUA e Europa recomendam a ingestão de 400 a 800 gramas/dia, mas esses objetivos não são acessíveis para a maioria dos indivíduos que vivem em países com baixa ou moderada renda. Mesmo uma pequena redução na recomendação para 375/400 gramas/dia pode ter implicações nas despesas de famílias em países mais pobres. O estudo mostra que mesmo três porções por dia (375 gramas) têm benefícios semelhantes na mortalidade não cardiovascular e total, indicando que benefícios podem ser alcançados com um nível de consumo modesto, uma abordagem que será mais acessível aos países pobres.

Atividade física

Recente estudo² analisou a associação entre exercício e mortalidade em pacientes com doença coronariana estável. O estudo concluiu que para pessoas sedentárias pequenas quantidades de exercícios de intensidade leve ou moderada podem trazer benefícios para a saúde, enquanto que indivíduos que já realizam atividade física de intensidade moderada ou vigorosa podem se beneficiar menos com o aumento do exercício. Os maiores benefícios serão alcançados por aumentos modestos no exercício em pessoas sedentárias, especialmente em pessoas com maior risco de eventos, com angina de esforço e dispneia.

O controle da Diabetes – EMPA-REG

O uso da empagliflozina, inibidor o co-transportador de sódio e glicose do tipo 2 (SGLT2), no estudo EMPA-REG mostrou uma redução de eventos cardiovasculares em pacientes com diabetes tipo 2. Outras análises do EMPA-REG³ em subgrupos de pacientes que relataram insuficiência cardíaca (IC) foram realizadas e estudo publicado em 2016 mostrou que empagliflozina mostrou uma redução de internação em pacientes com IC e também na mortalidade cardiovascular tanto em pacientes com e sem IC.

O controle da Diabetes – LEADER

Diabetes é o principal fator de risco independente para a doença cardiovascular. O Liraglutida, antagonista do receptor GLP-1, reduz a glicemia, a pressão arterial e promove perda de peso, foi avaliada se oferece um fator protetor contra a doença cardiovascular.

No estudo LEADER4 a liraglutida foi associada com uma redução significativa na mortalidade cardiovascular. Infarto do miocárdio não fatal, acidente vascular encefálico (AVE) não fatal, redução de mortalidade por todas as causas.

HOPE 3

O benefício de medicamentos que reduzem lipídios e pressão arterial em pacientes com alto risco cardiovascular está bem estabelecido na literatura. As evidências na literatura do tratamento para os pacientes com risco cardiovascular intermediário são escassas.

O estudo HOPE-35 ofereceu fortes evidências de que o uso de estatina na prevenção primária da doença cardiovascular em indivíduos com risco intermediário. Medicamentos anti-hipertensivos podem reduzir ainda mais a doença cardiovascular em indivíduos com a pressão arterial sistólica elevada. Os resultados ajudam a abrir caminho para o desenvolvimento de uma polipílula com a combinação de múltiplos medicamentos para prevenção primária das doenças cardiovasculares na população com menor risco.

Cirurgia bariátrica – STAMPEDE

Estudos têm mostrado que a cirurgia bariátrica, quando utilizada para tratar diabetes, melhora o controle glicêmico e reduz o risco cardiovascular.

Estudo STAMPEDE6 mostrou que após cinco anos de seguimento a cirurgia bariátrica teve efeitos benéficos no controle glicêmico com redução do uso de hipoglicemiantes e medicações cardiovasculares. Mudanças no peso corporal, níveis dos lipídios séricos e qualidade de vida foi superior as mudanças provocadas somente pelo tratamento clínico. Os efeitos benéficos da cirurgia foram observados nos desfechos primários como infarto do miocárdio, AVE, insuficiência renal e morte.

É médico e também quer ser colunista da PEBMED? Clique aqui para se inscrever!

Referências:

  1. Miller V, et al. Prospective Urban Rural Epidemiology (PURE) study investigators. Fruit, vegetable, and legume intake, and cardiovascular disease and deaths in 18 countries (PURE): a prospective cohort study. Lancet. 2017 Aug 28. pii: S0140-6736(17)32253-5.
  2. Stewart RAH et al. Physical Activity and Mortality in Patients With Stable Coronary Heart Disease. J Am Coll Cardiol 2017;70:1689-1700.
  3. Fitchett D, et al. results of the EMPA-REG OUTCOME® trial. Eur Heart J. 2016 May 14;37(19):1526-34.
  4. Marso SP, et al. Liraglutide and cardiovascular outcomes in type 2 diabetes. NEJM. 2016. 375(4):311-322.
  5. Yusuf S, et al. “Blood-Pressure and Cholesterol Lowering in Persons without Cardiovascular Disease”. NEJM 2016. 374(21):2032-2343.
  6. Schauer PR, et al Bariatric Surgery versus Intensive Medical Therapy for Diabetes – 5-Year Outcomes. N Engl J Med. 2017 Feb 16;376(7):641-651.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades

Tags