Leia mais:
Leia mais:
AAP 2021: associação de amamentação com asma infantil
Quiz: Paciente idosa e asmática sem tratamento dá entrada na emergência. Qual o diagnóstico?
AAP 2021: corticoides inalatórios no pronto-socorro para asma recorrente após fim de programa de incentivo
3 doenças com mais risco na pediatria
Quiz: Mulher com insuficiência respiratória por pneumonia é intubada com cetamina. Sobre o sedativo, o que é falso?

Asma grave: aprovado mepolizumab para crianças a partir de 6 anos

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Foi ampliada a indicação do mepolizumab (Nucala®, da GlaxoSmithKline) para crianças a partir dos seis anos com asma eosinofílica grave, nos Estados Unidos. A injeção subcutânea de mepolizumabe foi aprovada pela primeira vez pela Food and Drugs Administration (FDA) em 2015, como um tratamento complementar de manutenção para pacientes com asma grave com 12 anos de idade ou mais e que tinham um fenótipo eosinofílico.

A aprovação ampliada em crianças de seis a 11 anos é apoiada por um estudo aberto realizado nessa faixa etária que investigou a farmacocinética, a farmacodinâmica e a segurança a longo prazo do mepolizumabe, segundo um comunicado da empresa para a imprensa.

“As evidências de ensaios em adultos e adolescentes também apoiaram a aprovação nessa faixa etária. O perfil de segurança do mepolizumabe em crianças menores de 6 anos foi semelhante ao perfil de segurança conhecido em pacientes com 12 anos ou mais”, informou a GlaxoSmithKline no comunicado.

Veja também: Asma grave: como manejar a ventilação mecânica [ABRAMEDE 2018]

“Asma eosinofílica grave em crianças é uma condição complicada que pode ser extremamente desafiadora para o tratamento”, disse Daniel Jackson, MD, Departamento de Pediatria da Universidade de Wisconsin, no comunicado.
Ainda segundo o pediatra, o medicamento fez a diferença para muitos adultos e adolescentes que vivem com asma grave. “Essa aprovação é um desenvolvimento importante, oferecendo a médicos como eu uma opção muito necessária a considerar para nossos pacientes pediátricos”, afirmou Daniel Jackson.

“Ter Nucala® aprovado como o primeiro biológico para o tratamento da asma eosinofílica grave nessa faixa etária jovem representa um passo significativo para a comunidade de asma”, acrescentou Tonya Winders, CEO e presidente da Allergy and Asthma Network.

Em junho, o FDA aprovou dois novos métodos para administrar o mepolizumabe: um auto injetor e uma seringa de segurança pré-carregada, que pacientes ou cuidadores podem usar para administrar o medicamento em casa uma vez a cada quatro semanas.

criança usando bombinha de asma

Sobre o mepolizumab

Aprovado pela primeira vez em 2015 para asma eosinofílica grave, o mepolizumabe é o primeiro anticorpo monoclonal da classe que tem como alvo a IL-5. O fármaco funciona impedindo que a IL-5 se ligue ao seu receptor na superfície dos eosinófilos. Inibir a ligação a IL-5 dessa maneira reduz os eosinófilos no sangue sem esgotá-los completamente.

Ele foi desenvolvido para o tratamento de doenças causadas por inflamações causadas por eosinófilos. Foi estudado em mais de 3 mil pacientes em 21 ensaios clínicos em várias indicações eosinofílicas, sendo o único biológico com 4,8 anos de dados de segurança e eficácia na asma eosinofílica grave (AAE).

O mepolizumab foi aprovado nos Estados Unidos, na Europa, no Brasil e em mais de 20 outros mercados, como um tratamento de manutenção complementar para pacientes com asma eosinofílica grave.

Ele também a única terapia biológica anti-IL5 aprovada para uso pediátrico dos seis aos 17 anos na Europa na asma eosinofílica grave.

Nos Estados Unidos, Japão e Canadá e em vários outros mercados, é aprovado como tratamento de manutenção complementar para pacientes com EGPA.

Leia mais: Asma grave: como evitar a intubação orotraqueal? [ABRAMEDE 2018]

Nos Estados Unidos, o medicamento é atualmente licenciado como tratamento complementar de manutenção para pacientes com asma eosinofílica grave com 12 anos ou mais. Agora, isso se estende a pacientes com idades entre seis e 11 anos (injeção subcutânea na dose de 40 mg). Nucala (300 mg como três injeções subcutâneas separadas de 100 mg de mepolizumab) é licenciado para o tratamento de pacientes adultos com granulomatose eosinofílica com poliangeíte (EGPA).

O fármaco não está aprovado para o alívio de broncoespasmo agudo ou status asmático.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor:

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar