Paulo Fuculo

Enfermeiro pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Mestre em enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Aluno do curso de doutorado da UFSC e do curso de especialização em enfermagem dermatológica (UniBF). Membro efetivo do Laboratório de Pesquisas e Tecnologias em Enfermagem e Saúde à Pessoas em Condição Crônica (NUCRON/UFSC) e do Grupo  de Extensão Enfermagem Dermatológica em Condições Crônicas de Saúde (EDCCS). Vice-diretor da Regional SC da Sociedade Brasileira de Enfermagem em Feridas e Estética (SOBENFeF).

Manejo de feridas crônicas: aspectos relevantes e que contribuem para o processo de cicatrização

O manejo das feridas crônicas é um desafio na área da saúde e é considerado um problema de saúde pública, pois impacta na qualidade de vida.

Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer: o incansável caminho para a cura e a importância da prevenção

A lei brasileira institui 21/9 como o dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer, uma das patologias mais desafiadoras do século,

Novas tecnologias auxiliam no tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19

Diversas mobilizações foram causadas por esta pandemia, em busca de um caminho que levassem à prevenção, cura e reabilitação. Saiba mais.

O que faz um enfermeiro esteta: um panorama da profissão no Brasil

A enfermagem em estética ficou à deriva e sem respaldo legal até o ano de 2016, quando a profissão de enfermeiro esteta foi reconhecida.