Leia mais:
Leia mais:
PEBMED e HA: O uso da inteligência artificial no diagnóstico de Alzheimer [podcast]
FDA altera indicação de tratamento para Alzheimer nos Estados Unidos
Pesquisas sobre demência conseguiram avançar em 2020?
Combinação de atividades saudáveis reduz risco de demência de Alzheimer; veja quais
Período pós-menopausa pode estar relacionado a maior risco de Alzheimer?

Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer: o incansável caminho para a cura e a importância da prevenção

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Chegamos ao mês de setembro e com ele a necessidade de abordarmos o mês de conscientização da Doença de Alzheimer, uma das patologias mais desafiadoras e misteriosas do século, totalizando 1,2 milhões de casos no Brasil e 35,6 milhões no mundo. A lei brasileira nº 11.736/2008 institui o dia 21 de setembro como o dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer.

É valido relembrar que essa patologia é neurodegenerativa e progressiva, ou seja, a pessoa apresenta piora cognitiva conforme a evolução da doença, em que a memória é a mais prejudicada e passa a ser uma alteração de rotina na vida de quem é diagnosticado com Alzheimer.

É importante que estejamos alerta aos sinais e sintomas da doença, que podem variar desde a falta de memória de acontecimentos recentes, como repetição de frases e perguntas, raciocínio lentificado e dificuldade de elaborar frases, de reconhecer e realizar caminhos conhecidos, bem como outros sintomas neuropsiquiátricos, como irritabilidade, agressividade e isolamento social.

Ouça também: PEBMED e HA: O uso da inteligência artificial no diagnóstico de Alzheimer [podcast]

Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer o incansável caminho para a cura e a importância da prevenção

Causa e tratamentos

Os estudiosos/cientistas ainda não conseguiram desvendar a causa da doença, embora se acredite ser genética. No entanto, também há controvérsias se estamos próximos da “cura”. O tão famoso Aducanumabe (Aduhelm), medicamento liberado no início de junho de 2021, foi para algumas pessoas, o mais próximo da tão sonhada ‘cura’, pois foi capaz de reduzir os níveis da proteína beta-amiloide, que estão acumuladas no cérebro de quem apresenta Alzheimer.

Embora a Food and Drug Administration (FDA) tenha aprovado a droga, muitos cientistas ainda questionam a eficácia do tratamento, pois dizem que não há evidências suficientes para a adoção do tratamento, contudo, a farmacêutica responsável pela fabricação, diz que a criação pode ajudar os pacientes que se encontram nas fases iniciais da doença (leve), e que os resultados experimentais mostraram 22% menos declínio clínico na saúde cognitiva dos envolvidos.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia se posicionou a favor, porém com cautela, e acredita que a aprovação foi um grande marco da ciência, pois nenhuma droga para o Alzheimer chegou tão próxima de ser aprovada e utilizada. No entanto traz três questionamentos importantes: os dois ensaios clínicos com o uso da Aducanumab foram incompletos, pois foram abortados na fase III; embora tenha comprovado eficácia na redução da proteína beta-amiloide o estudo foi realizado em uma fração de tempo que não necessariamente as individualidades da progressão da doença foram consideradas; a medicação age apenas em uma das alterações da doença (acúmulo da beta-amiloide) e não nas alterações da proteína TAU; além de questionar os efeitos colaterais e altos custos para o tratamento.

Saiba mais: FDA altera indicação de tratamento para Alzheimer nos Estados Unidos

Enquanto a eficácia do tratamento ainda é questionada e não é cem por cento confirmada, devemos investir na medicina mais barata que temos, a prevenção e diagnóstico precoce, para que o retardo da progressão da doença aconteça da melhor forma possível.

As medidas preventivas não são exclusivas e direcionadas, tampouco cem por cento efetivas, contudo podem ajudar, pois manter a mente ativa pode ser uma forma eficaz; para isso, estudar, ler, pensar, fazer exercícios e jogos de raciocínio, manter uma boa alimentação, evitar álcool e drogas e tomar sol são estratégias válidas no combate ao Alzheimer.

Mensagem final

Nesse contexto, é necessário que possamos enaltecer a importância do acolhimento e acompanhamento de forma multiprofissional, em que assistentes sociais, dentistas, enfermeiros, educadores e educadores físicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, entre outros, possam lançar seus olhares para a prevenção, diagnóstico, tratamento e qualidade de vida de todas as pessoas com Doença de Alzheimer. Assim como, possamos conscientizar a população sobre a doença, para que estejamos afastados de estigma e desinformação.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.