Queda na doação de sangue torna-se uma preocupação para o Brasil e o mundo

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

No último mês algumas notícias relacionadas à queda do número de doações de sangue foram à tona em redes públicas e notícias no mundo. No Brasil, em São Paulo a meta mensal é coletar mais de 9,5 mil bolsas de sangue, porém, no último mês houve coleta de 1,5 mil bolsas a menos que essa meta. Essa situação foi registrada pela Pró-Sangue, que é fornecedora para mais de 100 hospitais da região e é referência no país. 

A situação se repete em outros lugares, em Sorocaba houve queda de 50% de doações de sangue, no Distrito Federal a queda foi de 23%, impactando em níveis baixos ou críticos, havendo uma média de 126 bolsas por dia, quando a média é de 163. Belo Horizonte registra baixa nos estoques, havendo queda de 40% em algumas tipagens sanguíneas, principalmente o com fator Rh negativo.

Saiba mais: Anvisa revoga restrição de doação de sangue por homossexuais

No Amazonas, a queda também foi de 50% no último mês, impactando diretamente no estoque e consequentemente na suspensão de procedimentos eletivos. Sendo assim, está acontecendo convocação para as pessoas de todos os tipos de sangue irem doar.  

doação de sangue

Contexto internacional

Fora do Brasil, a situação também é preocupante, o Reino Unido, Estados Unidos da América e Escócia estão em alerta, sendo a última com o pior histórico de baixa do século. A situação é triste e coloca os profissionais médicos no poder de decisão para quem receberá e quem não receberá a transfusão. 

A diminuição do estoque traz mudanças na rotina dos Bancos de Sangue, pois a dispensa das bolsas são restritas, ou seja, se o estoque está baixo, a dispensa acaba acompanhando o estoque. Sendo assim, é importante que haja conscientização no uso do sangue, usando-o somente em casos de real necessidade e aguardando a administração naqueles que podem esperar, de acordo com o caso clínico. Casos a parte são avaliados e discutidos entre as instituições envolvidas.

Covid-19 e doação de sangue

Durante a pandemia, as doações diminuíram, tanto de sangue, quanto de órgãos, isso aconteceu em decorrência do isolamento social e do número de pessoas infectadas pela Covid-19 e também pela gripe. Em contrapartida, o número de pessoas transfundidas diminuiu em decorrência da queda de acidentes automobilísticos. 

Cabe refletir que mesmo após a população quebrar o isolamento rigoroso e voltar à rotina, os números de doações continuam insatisfatórios, levando-nos à preocupação que a cultura de doação da corrente da vida esteja sendo abandonada. Com a proporção de contaminação da variante ômicron, a queda de doações continua preocupante, visto que aumentaram as restrições/isolamento e todos contaminados precisam aguardar o prazo de dez dias para irem doar. 

Nesse contexto, o abastecimento regular é muito importante para manter os estoques e para que os atendimentos sejam mantidos sem preocupações ou possíveis prejuízos aos usuários, sendo assim é necessário que a população se conscientize e valorize a doação de sangue, ato humano, sem fins lucrativos que salva vidas. 

A enfermeira Isabelle e o enfermeiro Juan, conteudistas do Nursebook  deixam um recado para que possamos refletir sobre a doação de sangue: 

A doação de sangue é um ato humanitário e solidário. Embora seja um processo simples, requer que cada doador busque ser o protagonista para que a história de um semelhante dê continuidade. Doe sangue sempre que puder, salve vidas!”, diz Isabelle.

São essas falas, gestos e o fato de ajudar um semelhante que nos movem e ajudam a conscientizar a população a respeito da doação. É importante o constante investimento em campanhas, uso de mídias sociais, chamada da população aos hemocentros e educação social em escolas, faculdades e ambientes públicos, chamando a atenção para as consequências positivas do ato de doar.  

Por fim, válido lembrar quem pode doar: pessoas acima de 50 kg, com bom histórico de saúde, com idade igual ou superior a 16 anos e até 69, com documento de identificação com foto, respeitando a frequência de quatro doações anuais para homens e três para mulheres. Lembrando que no Brasil, o Supremo Tribunal da Justiça anulou a restrição de doação de sangue por parte de homossexuais. Para mais informações sobre restrições, acesse o site.

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.