Leia mais:
Leia mais:
Como prever mau prognóstico em pacientes pós-PCR?
Medidas seriadas de peptídeo natriurético tipo B (BNP) podem predizer risco de doença cardiovascular em diabéticos?
Nefropatia diabética: como identificar e tratar? [podcast]
Como rastrear a doença renal crônica (DRC)? [podcast]
Estados Unidos aprovam sensor subcutâneo de glicose que dura seis meses 

CDC emite alerta sobre risco aumentado de diabetes em pacientes pediátricos pós-Covid-19

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Recentemente, em janeiro desse ano, o órgão americano Centers for Disease Control and Prevention (CDC) publicou um artigo alertando sobre o aumento do risco de desenvolvimento de diabetes em crianças e adolescentes que tiveram infecção pelo vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19.

A literatura já vinha sinalizando, em outras publicações, uma possível relação entre Covid-19 e DM, tanto em adultos quanto na faixa etária pediátrica. Em adultos, estudos mostram que o diabetes pode ser uma consequência em longo prazo da doença. Já em crianças e adolescentes, aumentos no número de diagnósticos de diabetes mellitus (DM) tipo 1 e aumento da frequência e gravidade de quadros de cetoacidose diabética (CAD) como primodiagnóstico foram relatados na Europa durante a pandemia.

Leia também: Resolvendo caso clínico com a calculadora Diabetes Mellitus (SBD, 2021)

CDC emite alerta sobre risco aumentado de diabetes em pacientes pediátricos pós-Covid-19

Metodologia

Para avaliar o risco de qualquer novo diagnóstico de diabetes (tipo 1, tipo 2 ou outro diabetes) em um período superior a 30 dias após infecção aguda por SARS-CoV-2, o CDC estimou a incidência de diabetes entre pacientes com idade superior a 18 anos com diagnóstico de Covid-19 de coortes retrospectivas construídas usando dados de reivindicações de assistência médica da IQVIA de 1º de março de 2020 a 26 de fevereiro de 2021 e comparados com a incidência entre pacientes pareados por idade e sexo que não receberam um diagnóstico de Covid-19 durante a pandemia, ou que receberam um diagnóstico de infecção respiratória aguda (IRA) pré-pandemia.

As análises foram replicadas usando uma segunda fonte de dados (HealthVerity; 1º de março de 2020 a 28 de junho de 2021), que incluiu pacientes que tiveram algum atendimento médico possivelmente relacionado à Covid-19.

Resultados

Entre 80.893 pacientes com Covid-19 no banco de dados do IQVIA, a média de idade foi de 12,3 anos, 50,1% eram do sexo feminino e 0,7% foram hospitalizados no index encounter por Covid-19. Entre 439.439 pacientes com Covid-19 no HealthVerity, a média de idade foi de 12,7 anos, 50,1% eram do sexo feminino e 0,9% foram hospitalizados no index encounter. O diabetes foi codificado em 0,08% (IQVIA) e 0,25% (HealthVerity) dos pedidos de pacientes com Covid-19, com a maioria dos diagnósticos de DM tipo 1 ou tipo 2 (IQVIA, 94,1%; HealthVerity, 94,0%)

No banco de dados IQVIA, a incidência de diabetes foi de 316 por 100.000 pessoas-ano no “grupo Covid-19”, 118 por 100.000 pessoas-ano no “grupo não Covid-19” do período de pandemia, 126 por 100.000 pessoas-ano no “grupo pré-pandemia com IRA” e 125 por 100.000 pessoas-ano no “grupo pré-pandemia sem IRA”. Entre esses pacientes, o risco de diabetes foi 166% maior no grupo Covid-19 do que no grupo não Covid-19 (hazard ratio [HR] = 2,66, intervalo de confiança de 95% [IC 95%] = 1,98-3,56) e 116% maior do que no grupo de IRA pré-pandemia (HR = 2,16, 95 % CI = 1,64–2,86). A incidência de diabetes não diferiu significativamente entre os grupos pré-pandemia com IRA e sem IRA (HR = 0,99, IC 95% = 0,84-1,15). Em comparação, 0,03% (IQVIA) e 0,19% (HealthVerity) casos de diabetes foram codificados entre aqueles sem Covid-19. A CAD foi relatada em 48,5% (IQVIA) e 40,2% (HealthVerity) dos pacientes com Covid-19 e diabetes; essas proporções foram maiores do que a CAD relatada em pacientes com diabetes sem Covid-19 (IQVIA: não Covid-19 13,6%; IRA 22,0%; não IRA 27,5%; HealthVerity: 29,7%).

Saiba mais: Fatores de risco associados à Trombose Venosa Profunda na Síndrome pós-Covid-19

No banco de dados HealthVerity, a incidência de diabetes foi 31% maior entre pacientes com menos de 18 anos com Covid-19 (399 por 100.000 pessoas-ano) do que entre aqueles sem Covid-19 (304 por 100.000 pessoas-ano; HR = 1,31, 95% IC = 1,20-1,44).

No banco de dados IQVIA, o risco de diabetes foi semelhante em todas as faixas etárias e por sexo. No banco de dados HealthVerity, não houve associação com diabetes em crianças com menos de 12 anos, embora um risco significativamente aumentado tenha sido observado em todos os outros grupos de idade e sexo. No entanto, nenhum termo de interação por faixa etária ou sexo foi estatisticamente significativo.

Conclusão

O aumento do risco observado de diabetes entre pacientes com menos de 18 anos que tiveram Covid-19 destaca a importância das estratégias de precaução da doença, incluindo vacinação, para todas as pessoas elegíveis nessa faixa etária, além da prevenção e manejo de doenças crônicas. O mecanismo de como o vírus SARS-CoV-2 pode levar ao diabetes incidente é provavelmente complexo e pode diferir entre o DM tipo 1 e tipo 2. Dessa forma, o CDC enfatiza que o monitoramento de consequências em longo prazo, incluindo manifestações clínicas de abertura de quadro de diabetes após a infecção pelo SARS-CoV-2 é de suma relevância nessa faixa etária.

Comentários

O estudo, apesar de retrospectivo, contou com um número de amostra considerável. Infelizmente, não houve a possibilidade de se determinar qual foi o tipo exato de diabetes diagnosticado, o que implica em diferentes fisiopatologias e formas de manejo. Acredito que o mais relevante seja o alerta à população, tanto de profissionais de saúde quanto leigos, sobre o quão necessária é a vacinação nessa faixa etária, contribuindo para a prevenção da doença aguda Covid-19, quanto de complicações em longo prazo e com implicações por toda a vida adulta.

Referências bibliográficas:

  • Barrett CE, Koyama AK, Alvarez P, et al. Risk for Newly Diagnosed Diabetes >30 Days After SARS-CoV-2 Infection Among Persons Aged <18 Years – United States, March 1, 2020-June 28, 2021. MMWR Morb Mortal Wkly Rep. 2022;71(2):59-65. Published 2022 Jan 14. doi:10.15585/mmwr.mm7102e2.
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.