Como distinguir os principais sintomas da Covid-19 em vacinados e não vacinados?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Como é normal com todos os vírus, o novo coronavírus está evoluindo rapidamente tanto em sua capacidade de se espalhar e infectar pessoas quanto nos sintomas que causa. Com isso, os seus sintomas estão causando cada vez mais dúvidas entre a população, ainda mais porque a Covid-19 gera manifestações semelhantes a de diversos outros problemas de saúde comuns, como gripe, sinusite e pneumonia. E as dúvidas só aumentam com as mutações do vírus (principalmente com o avanço da variante delta) e o crescimento da população vacinada.

Graças aos relatórios diários do aplicativo ZOE COVID Study com dados de 1 milhão de indivíduos, pesquisadores do Reino Unido conseguiram identificar os cinco principais sintomas atuais da população não vacinada, além da imunizada parcial e totalmente.

As classificações de sintomas abaixo são baseadas apenas em seus relatórios no aplicativo e não levam em consideração qual variante causou o vírus ou informações demográficas. Vale lembrar que no Reino Unido a variante delta é predominante nesse momento, por isso, aqui no Brasil os principais sintomas podem ser (ainda) um pouco diferentes.

Leia também: Anvisa alerta sobre casos raros de síndrome de Guillain-Barré pós-vacinação

Como distinguir os principais sintomas da Covid-19 em vacinados e não vacinados?

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Principais sintomas em não vacinados

  1. Cefaleia;
  2. Dor de garganta;
  3. Coriza;
  4. Febre;
  5. Tosse persistente.

A perda do olfato aparece no número 9 e a falta de ar está no final da lista, no número 30, indicando que os sintomas registrados anteriormente estão mudando com as variantes em evolução do vírus.

Principais sintomas em vacinados com uma dose

  1. Cefaleia;
  2. Coriza;
  3. Dor de garganta;
  4. Espirros;
  5. Tosse persistente.

Como podemos perceber, após a proteção de apenas uma dose da vacina, um dos indicadores originais de tosse persistente gerou os cinco principais sintomas, mas ainda está abaixo de espirros e coriza nas classificações, que antes não estavam relacionadas à infecção.

Principais sintomas em quem está completamente vacinado

  1. Cefaleia;
  2. Coriza;
  3. Espirros;
  4. Dor de garganta;
  5. Perda de olfato.

Os sintomas tradicionais anteriores, como a anosmia, falta de ar e febre, estão bem abaixo na lista. E a tosse persistente agora está em 8º lugar para quem está completamente imunizado.  

Curiosamente, notamos que as pessoas que foram vacinadas e depois testaram positivo para a Covid-19 eram mais propensas a relatar espirros como um sintoma em comparação com aquelas sem nenhuma.

Em pessoas completamente protegidas, a tosse persistente foi o 8º sintoma mais comum, com a febre em 12º e a falta de ar, em 29º. E esses eram sintomas clássicos da doença em 2020.

Saiba mais: Leite materno com anticorpos contra Covid-19 é produzido após lactantes serem vacinadas

Segundo a pesquisa do Reino Unido, a principal diferença em indivíduos totalmente vacinados foi que eles relataram menos sintomas, que duram por menos tempo, em comparação a quem está parcialmente imunizado (recebeu apenas uma dose). Essa é mais uma confirmação de que a vacinação cumpre o seu papel: evitar que a população adoeça gravemente e necessite de atendimento médico ou hospitalização.

Orientações aos médicos

Os médicos devem lembrar aos seus pacientes que, independentemente de seu “status de vacinação”, a nova regra é: ao ter qualquer sintoma da Covid-19, de resfriado, de gripe ou de outra complicação respiratória, deve-se procurar atendimento médico para identificar se está infectado com o novo coronavírus. E, enquanto o resultado do exame não sair, a pessoa deve fazer isolamento social, sempre usando máscara.

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), indivíduos imunizados transmitem a delta tanto quanto os não vacinados. Como a variante avança rapidamente pelo Brasil, todo cuidado é pouco para evitar que a cepa gere um novo pico de infecções, internações e óbitos por Covid-19.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor(a):

 

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar