Como fazer uma teleconsulta de qualidade na Atenção Primária?

Com a utilização maior da telemedicina nos âmbitos de assistência à saúde, este passou a ser cada vez mais disponível e essencial na Atenção Básica.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Com a utilização cada vez maior do recurso de telemedicina em todos os âmbitos de assistência à saúde, este passou a ser cada vez mais disponível e essencial nos atendimentos em unidades básicas de saúde e unidades de Atenção Primária à Saúde.

Diversas novas publicações a respeito surgiram nos últimos meses, no contexto de pandemia por Covid-19, justamente por esse tipo de atendimento possibilitar a manutenção do isolamento domiciliar para os pacientes. Dentre elas, destaca-se o manual da Universidade de Oxford, focado na telemedicina na APS, orientando de forma prática a atuação do Médico de Família e Comunidade nos atendimentos à distância.

médico usando telemedicina na atenção primária

Telemedicina na Atenção Primária

Entre vários tópicos, o documento descreve um passo a passo para uma consulta por vídeo de qualidade.

Antes da consulta:

  • Confirmar se a teleconsulta por vídeo é clinicamente adequada para o paciente no momento;
  • Use um ambiente privado e bem iluminado, orientando o paciente a fazer o mesmo;
  • Anote o telefone ou contato do paciente para o caso de o vídeo falhar;
  • Tenha acesso ao prontuário eletrônico, de preferência em uma segunda tela;
  • Verifique ao longo do dia se a tecnologia usada para a teleconsulta está funcionando.

Leia também: Telemedicina: como obter informações do exame físico em uma teleconsulta?

Iniciando a consulta:

  • Inicie você o contato na consulta;
  • Diga algo como “consegue me ver?” para que o paciente possa ajustar a conexão se necessário;
  • Obtenha o consentimento verbal para a consulta;
  • Apresente outros profissionais que possam estar no consultório e peça para o paciente fazer o mesmo em
  • relação a acompanhantes, ou confirmar que está sozinho;
  • Informe sobre o caráter confidencial da consulta, da mesma maneira que em uma consulta presencial;

Consultando:

  • A comunicação por vídeo funciona da mesma maneira que a presencial, as pode haver falhas técnicas ou imagens borradas;
  • Não é necessário olhar diretamente para a câmera: basta olhar para a tela;
  • Informe ao paciente nos momentos em que for fazer anotações ou olhar informações, como exames, em outra tela;
  • Registre a consulta da mesma maneira que em uma consulta presencial, no prontuário;
  • Lembre-se de que a comunicação por vídeo é mais difícil para o paciente.

Encerrando a consulta:

  • Sumarize os principais pontos abordados na consulta, principalmente levando-se em conta a possibilidade de que alguma informação tenha se perdido por interferência técnica;
  • Verifique com o paciente se restaram dúvidas ou se necessita de mais algum esclarecimento;
  • Confirme se o paciente se sentiria bem em usar novamente a teleconsulta e registre essa informação;
  • Para finalizar, avise ao paciente que irá desligar e se despeça, antes de encerrar a consulta.]]

Veja mais: Telemedicina: em que situações posso utilizar teleconsultas na Atenção Primária?

Conclusões

A incorporação do recurso de teleconsultas pode fazer muito bem a um serviço de APS. Contudo, é importante o entendimento de que o processo é mais complexo do que a maioria dos profissionais muitas vezes acreditam e que passa por adaptações estruturais e de processos de trabalho.

O médico que irá iniciar a rotina de atendimentos por vídeo deve estudar as técnicas adequadas e se manter atualizado, tendo em vista que, como diz o documento da Universidade de Oxford, mais o que a implantação de uma nova tecnologia, o início da telemedicina deve ser encarado como uma mudança do serviço para melhor.

 

Referências bibliográficas:

  • REENHALGH, T.; MORRISON, C.; HUAT, G. K. C. Trad. por Donavan de Souza Lúcio e Silva Costa. Consultas por vídeo: um guia prático. University of Oxford, 2020.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão