Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / Covid-19: Brasil ultrapassa a marca de cem médicos mortos por conta do vírus
Médico cuidando da própria saúde durante a pandemia de Covid-19.

Covid-19: Brasil ultrapassa a marca de cem médicos mortos por conta do vírus

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Mais de dois meses do início da pandemia de Covid-19, no país, 113 médicos vieram a óbito por conta da doença, com uma média de quase dois profissionais por dia, desde que o primeiro óbito foi registrado, em 17 de março.

Dados da Covid-19

O Rio de Janeiro é o estado que contabiliza o maior número de vítimas no período: 30 médicos, seguidos por Pará, com 27, e São Paulo, com 26.

De acordo com a pasta, o país teve 31.790 casos de profissionais da saúde confirmados para Covid-19. Há ainda 114 mil casos em investigação.

Um levantamento realizado pelo jornal O Globo junto aos conselhos regionais de medicina nos estados e a sindicatos da categoria, mostra que 27 óbitos de médicos, cerca de 30%, eram de médicos que estavam no grupo de risco e com mais de 60 anos.

O Brasil é ainda o país onde mais morrem enfermeiros no mundo por conta da pandemia. Segundo o Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), 143 enfermeiros vieram a óbito por causa da Covid-19, com 16.064 casos confirmados. O estado com mais mortes é também o Rio de Janeiro (36), seguido por São Paulo (32).

Leia também: Estresse e isolamento: o ‘novo normal’ de ser profissional de saúde durante a Covid-19

Estudo revela número de óbitos de médicos pelo mundo

O número é semelhante ao de outros países que estão sendo atingidos pela pandemia. Na Espanha, o novo coronavírus já infectou mais de 50 mil profissionais de saúde, com 50 óbitos confirmados até o dia 14 de maio.

Em um comunicado divulgado no dia 11 de maio, o Ministério da Saúde da Espanha também afirmou que “pelo menos 48 médicos morreram de coronavírus no país, a maioria deles em contato com pacientes infectados”. Esse número representa 24% de todos os casos registrados na Espanha. Os profissionais da saúde dizem que o país sofre neste setor uma das maiores taxas de infecção.

No Canadá, os números também são alarmantes. Os últimos dados do Ministério da Saúde do país mostram 3.607 casos positivos confirmados entre os profissionais de saúde, representando quase 17% de todos os casos somente na província de Ontário. Isso representa cerca de 10% de todos os casos no início de abril.

Em um estudo recentemente publicado na revista de Medicina Ocupacional da Universidade de Oxford, pesquisadores americanos e canadenses encontraram registros de óbitos de 121 médicos na Itália.

O levantamento foi realizado através de pesquisas realizadas no dia 15 de abril em buscas com termos ligados à morte de médicos em inglês, farsi e chinês. Ao todo, os pesquisadores encontraram 278 registros de óbitos.

Causas observadas

“A falta de EPIs ou equipamentos inadequados foram citadas como a causa de óbitos, especialmente em países em desenvolvimento e na Itália”, diz a pesquisa.

Até o dia 15 de abril, países como Estados Unidos e Reino Unido registraram 12 e 11 mortes de médicos, respectivamente. Na busca, realizada há um mês, os responsáveis pela pesquisa tinham encontrado apenas dois registros de óbitos de médicos no Brasil.

“Estamos cientes das limitações do artigo, até porque o número de óbitos de médicos por Covid-19 provavelmente é subnotificado”, afirmaram os pesquisadores.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.