Leia mais:
Leia mais:
Atividade Física e Covid-19: miocardite pós Covid-19 e a restrição aos exercícios físicos [vídeo]
Molnupiravir: o que sabemos sobre o novo tratamento contra a Covid-19
Segurança e imunogenicidade da coadministração de vacinas contra Covid-19 e Influenza
Top 10 de outubro: Proteína C reativa, guidelines para sepse e muito mais! [infográfico]
Atividade Física e Covid-19: precauções na retomada aos exercícios físicos [vídeo]

Covid-19: Fiocruz busca voluntários para testar medicamento que pode evitar a replicação do vírus

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está à procura de voluntários para testar o molnupiravir, antiviral que pode evitar a replicação do novo coronavírus no organismo, produzido pelo MSD (Merck Sharp & Dohme). Os estudos realizados até o momento indicam que a substância impede o desenvolvimento da enfermidade.

A empresa farmacêutica solicitou autorização de uso emergencial para seu medicamento via oral anticovid-19 nos Estados Unidos. Segundo o comunicado, o MSD apresentou o pedido para o molnupiravir como “um medicamento antiviral oral experimental, para o tratamento de Covid-19 de leve a moderada em adultos que estejam em risco de avançar para a forma grave da doença e/ou internação”.

Os voluntários da fase 3 da pesquisa ajudarão a avaliar como o medicamento age no corpo humano.

“Os resultados com esse antiviral usado anteriormente para tratamento de casos foram muito animadores. Por isso estamos muito confiantes que ele possa ser usado como profilaxia de doença”, disse a médica infectologista Margareth Dalcolmo, uma das coordenadoras do estudo e presidente da Fiocruz.

A expectativa é que os resultados do estudo sejam apresentados em seis meses.

Saiba mais: Interrupção precoce de um estudo randomizado por benefício: o caso do Molnupiravir para Covid-19

fiocruz

Dados da análise interina

Participaram deste ensaio clínico 770 pacientes: metade recebeu um tratamento de cinco dias da pílula, e a outra metade recebeu placebo. Todos os pacientes tinham Covid-19, com sintomas que se desenvolveram nos cinco dias seguintes à designação para os respectivos grupos.

Na análise interina do estudo global, multicêntrico, randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, o molnupiravir reduziu em 50% o risco de hospitalização ou óbito. Até o 29º dia, nenhum óbito foi relatado em pacientes que receberam o remédio em comparação com oito óbitos com placebo. Os dados demonstraram que 7,3% dos pacientes que receberam o medicamento foram hospitalizados ou vieram a óbito até o dia 29 após a randomização (28/385), em comparação com 14,1% dos pacientes tratados com placebo (53/377); p = 0,0012.

A empresa responsável afirmou que a eficácia é a mesma contra todas as variantes, além da segurança da substância testada.

Leia também: Mortalidade de pacientes com problemas cardíacos pós-Covid é de 42%, aponta estudo do InCor

Como participar do estudo

Trinta voluntários serão divididos em dois grupos. Um grupo tomará o medicamento e o outro um placebo.

Os pesquisadores irão avaliar o uso de molnupiravir como profilaxia pós-exposição por pessoas que residem com alguém que testou positivo para a Covid-19 nas últimas 72 horas, mas sem apresentar os sintomas associados.

O tratamento consiste no uso do medicamento, por via oral, duas vezes ao dia, durante cinco dias consecutivos.

Para participar é necessário ser maior de idade, não ter tomado nenhuma ou a segunda dose da vacina nos últimos seis dias; morar com alguém que testou positivo para a doença nas últimas 72 horas e apresentar, pelo menos, um sintoma da enfermidade; e não estar hospitalizado.

Os interessados podem acessar a página da farmacêutica MSD (www.msd.com.br/estudo013/) ou entrar em contato, entre 8h e 17h, com as coordenadoras de estudo pelos telefones (21) 97347-0389, (21) 2448-6879 ou (21) 2448-6846.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autora:

Referências bibliográficas:

 

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.