Leia mais:
Leia mais:
Atividade Física e Covid-19: miocardite pós Covid-19 e a restrição aos exercícios físicos [vídeo]
Segurança e imunogenicidade da coadministração de vacinas contra Covid-19 e Influenza
Top 10 de outubro: Proteína C reativa, guidelines para sepse e muito mais! [infográfico]
Atividade Física e Covid-19: precauções na retomada aos exercícios físicos [vídeo]
Mais um efeito da pandemia no Brasil: o aumento de casos de hepatite medicamentosa

Covid-19: SBOC solicita prioridade a pacientes oncológicos em vacinação

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) solicitou em carta enviada ao Ministério da Saúde a inclusão de pacientes oncológicos em todo o território nacional nos grupos com prioridade na vacinação contra a Covid-19. A defesa se baseia nas evidências científicas de que pacientes com câncer são mais vulneráveis aos riscos de complicações causadas pelo novo coronavírus.

“Trata-se de um grupo especialmente vulnerável aos efeitos da infecção e que precisa ser protegido. A SBOC representa o oncologista clínico ao cuidar dessa população em sua jornada dupla de luta contra o câncer e a Covid-19”, escreveu a presidente da SBOC, Clarissa Mathias, que assina a carta.

Leia também: Perda visual monocular em paciente com Covid-19

Covid-19: SBOC solicita prioridade a pacientes oncológicos em vacinação

Restrições na prioridade

Os pacientes com câncer entram na lista das pessoas com comorbidade que integram os grupos prioritários na vacinação, mas a segunda atualização do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, de 25 de janeiro, reduziu o espectro de pacientes oncológicos restringindo-se a incluí-los na descrição do grupo de imunossuprimidos os pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses e aqueles com neoplasias hematológicas.

O plano federal também se refere ao paciente oncológico ao caracterizar os grupos de risco para agravamento e óbito por Covid-19, ao lado de pessoas com “insuficiência renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), anemia falciforme, obesidade mórbida e síndrome de Down, além de idade superior a 60 anos e indivíduos transplantados de órgãos sólidos”.

“Diante da flagrante incoerência do plano ao se referir ao paciente oncológico como grupo de risco e não incluí-lo nos grupos prioritários para vacinação, solicitamos que o Ministério da Saúde informe claramente se esse “detalhe” constará expressamente na próxima edição do documento”, pontuou o gerente jurídico da SBOC, Tiago Matos.

Evidências científicas

A vacinação dos brasileiros com diagnóstico de câncer tem sido uma preocupação da SBOC, que publicou, em janeiro, um guia com orientações sobre as vacinas aprovadas para uso emergencial no país.

Um estudo brasileiro publicado no Journal of Clinical Oncology (JCO) identificou e acompanhou 198 pacientes com câncer que desenvolveram Covid-19 entre março e julho de 2020. Destes, 33 vieram a óbito. Uma taxa de mortalidade de 16,7%, seis vezes mais que o índice global, de 2,4%.

Ainda de acordo com o estudo, a maior taxa de mortalidade foi encontrada em pacientes com neoplasias do trato respiratório (43,8%), principalmente o câncer de pulmão metastático e os tumores hematológicos, sendo que o pior prognóstico está relacionado à fase da enfermidade em que o paciente se encontra, com maior risco para quem tem câncer ativo, progressivo ou metastático.

Saiba mais: Administração de plasma convalescente em pacientes com Covid-19

De acordo com a presidente da SBOC, esse e outros estudos evidenciam que não apenas os pacientes imunossuprimidos estão mais susceptíveis a manifestações graves da doença, mas também aqueles em diversos outros espectros da enfermidade, sendo urgente incluí-los entre aqueles que precisam ser imunizados contra a Covid-19.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Um comentário

  1. fafa.rochadel@gma

    Eu acho que não só o paciente deve receber a vacina,o cuidador ou cuidadora também👍

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.