Página Principal > Colunistas > Dermatologia: por que escolher essa especialidade médica?
médica dermatologista olhando mancha na pele do paciente

Dermatologia: por que escolher essa especialidade médica?

Para ajudar você a escolher qual residência se alinha com as suas qualidades e seus objetivos, a PEBMED preparou um especial com diversos artigos sobre cada especialidade médica. Todo dia traremos a visão de um especialista sobre sua respectiva área, as oportunidades disponíveis, principais desafios e muito mais! Hoje, a Dra. Jaqueline Barbeito fala sobre Dermatologia.

Residência em Dermatologia

1) O que é?

É a área da medicina que cuida e trata das doenças da pele, tecido subcutâneo, cabelos e unhas. Abrange toda área da Dermatologia clínica e cirúrgica, assim como a Cosmiatria (área da Dermatologia que trata da beleza e alterações estéticas da pele).

É especialidade médica de acesso direto, ou seja, basta conclusão da graduação em medicina para estar a apto a cursar residência médica ou pós-graduação equivalente em Dermatologia (são 3 anos de especialização).

2) Como é o dia a dia?

A maior parte do dia a dia é ambulatorial. Atendimentos clínicos, pequenos procedimentos cirúrgicos e tratamentos estéticos podem ser realizados em consultório.

Cirurgias maiores podem necessitar de centro cirúrgico, assim como algumas doenças extensas podem requerer tratamento intra-hospitalar.

3) Oportunidades de trabalho:

O dermatologista recém formado por serviços credenciados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) deve dar entrada no Conselho Federal de Medicina para receber o seu Registro de Qualificação de Especialista (RQE). O RQE pode ser obtido após a conclusão de residência médica em Dermatologia reconhecida pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) ou através da realização da prova de título de especialista (TED) pela SBD.

O dermatologista pode abrir seu próprio consultório para atendimento (comprar, alugar ou sublocar uma sala) ou trabalhar em clínicas de terceiros (prática muito comum no Brasil): o profissional realiza os atendimentos e procedimentos e recebe o valor proporcional de seus atendimentos ao final do mês.

Vale lembrar também das oportunidades de concursos públicos municipais e estaduais (postos de saúde e hospitais públicos) e, também, de seguir carreira militar. Em geral, são poucas vagas em comparação com as outras especialidades médicas.

4) Número de especialistas:

No momento, temos aproximadamente 7 mil dermatologistas registrados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

5) Curiosidade(s):

– 05 de fevereiro é comemorado o dia do Dermatologista
– Dezembro é o mês destinado à campanha de prevenção e diagnóstico precoce ao câncer de pele e ficou conhecido como: DEZEMBRO LARANJA

6) Especialidades correlacionadas:

  • Alergia e Imunologia: dermatoses alérgicas, urticárias, testes alérgicos de contato.
  • Cirurgia Plástica: exérese de tumores da pele, cirurgias de pele com retalhos e enxertos.

7) Área de atuação:

  • Dermatologia clínica: diagnóstico, tratamento e acompanhamento de doenças cutâneas.
  • Dermatologia cirúrgica: abrange os cirurgias básicas, avançadas e até cirurgias cosméticas.
  • Dermatologia cosmiátrica: tratamentos e procedimentos estéticos, dentre eles aplicação de toxina botulínica, preenchimento cutâneo, lasers, entre outros.

Além disso, para quem defende o termo “sub-especialidade”, existem áreas na Dermatologia específicas, tais como:

  • Hansenologia: tratamento e acompanhamento da doença e complicações da hanseníase.
  • Dermatopatologia: área destinada ao estudo histopatológico das doenças dermatológicas.
  • Dermato-oncologia: destinada ao diagnóstico, tratamento dos cânceres cutâneos.
  • Dermatopediatria: estudo das dermatoses infantis.

8) Mensagem para quem quer seguir essa especialidade:

A Dermatologia é uma especialidade fascinante. É preciso muito estudo e dedicação, desde a busca pela vaga em uma especialização reconhecida pela SBD, durante o período de especializando e, também, após a formação, mantendo-se atualizado e buscando o melhor para o paciente sempre.

Veja também:
‘Coloproctologia: nem tudo que sangra é culpa das hemorroidas’
‘Pediatria: muita dedicação e amor pelo que se faz’

Autora:

Referências:

7 Comentários

  1. Quais as instituições credenciadas pela sbd com vagas para estágio?

  2. Magaiver Luiz Alves

    Olá!
    Gostaria de saber quanto à remuneração na dermatologia, por favor. Se possível, como é em relação à oftalmologia?
    Obrigado!

    • Ana Carolina Pomodoro

      Olá, Magaiver! A remuneração em qualquer especialidade envolve muitos fatores, sendo bastante difícil lhe dar essa resposta. Aconselhamos que você procure conversar com especialistas de cada área, verificando detalhes que se assemelham ao que você gostaria de ter na sua prática diária, para ter uma ideia.

  3. Camila Santos

    Na minha pós na BWS eu descobri que realmente estava no lugar certo e fazendo o que amo, e isso não tem preço! O que mais me motivou foi poder participar do ambulatório de dermatologia através do curso, foi incrível.

  4. Jéssica Lima

    Existe algum ranking dos melhores lugares para fazer Residencia Médica em Dermatologia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.