Página Principal > Terapia Intensiva > DPOC: terapia guiada por procalcitonina é eficaz em doentes com graves exacerbações?
administracao de antibioticos

DPOC: terapia guiada por procalcitonina é eficaz em doentes com graves exacerbações?

Tempo de leitura: 2 minutos.

Em artigo recente do periódico Intensive Care Medicine, um grupo de pesquisadores comparou a eficácia de uma estratégia de antibióticos guiada por procalcitonina (PCT) e da terapia convencional em pacientes com graves exacerbações do DPOC.

Para esse estudo multicêntrico e randomizado, conduzido na França, pesquisadores distribuíram aleatoriamente 302 indivíduos, admitidos em 11 unidades de terapia intensiva, com graves exacerbações do DPOC, em dois grupos:

  1. Terapia de 5 dias guiada por PCT com valores de corte pré-definidos para o início ou parada de antibióticos (grupo PCT). Os participantes tiveram seus níveis de PCT medidos cinco vezes (no começo do estudo, 6 horas e nos dias 1, 3 e 5); médicos foram orientados a descontinuar os antibióticos se os níveis de PCT fossem de < 0,1 µg / L.
  2. Tratamento padrão indicado pelas diretrizes atuais (grupo controle).

O desfecho primário foi a mortalidade em 3 meses.

Procalcitonina nas graves exacerbações do DPOC

Dentro do período de 3 meses de internação, 30 pacientes (20%) no grupo PCT e 21 (14%) no grupo controle morreram (diferença ajustada, 6,6%; IC de 90%: – 0,3 a 13,5%). Entre os participantes que não estavam em antibioticoterapia no baseline (n = 119), o tratamento guiado por PCT aumentou significativamente a mortalidade em 3 meses [31% vs 12%; p = 0,015].

A duração da exposição aos antibióticos foi semelhante entre ambos os grupos tanto na UTI (5,2 ± 6,5 dias no PCT vs 5,4 ± 4,4 dias no controle; p = 0,85) quanto no hospital (7,9 ± 8 dias no PCT vs 7,7 ± 5,7 dias no controle; p = 0,75).

Pelos achados, os pesquisadores concluíram que o tratamento guiado pela procalcitonina demonstrou inferioridade em relação à mortalidade em 3 meses e não reduziu a exposição a antibióticos em em pacientes com graves exacerbações do DPOC.

Presença de eosinófilos no escarro pode predizer DPOC mais grave?

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Daubin C et al. Procalcitonin algorithm to guide initial antibiotic therapy in acute exacerbations of COPD admitted to the ICU: A randomized multicenter study. Intensive Care Med 2018 Apr 16 || https://doi.org/10.1007/s00134-018-5141-9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.