Leia mais:
Leia mais:
Doenças mentais pós-pandemia: o que podemos fazer enquanto enfermeiros?
Entrevista com especialista: suicídio na pandemia
Podcast Integrado: prevenção ao Suicídio: como detectar fatores de risco? [podcast]
Quiz sobre depressão
Pandemia aumenta casos de ansiedade, depressão e estresse. O que podemos fazer?

Droga intranasal para depressão mostra boa eficácia em estudos iniciais

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

No encontro anual da American Psychiatric Association, que aconteceu na última semana em Nova York, pesquisadores apresentaram um estudo indicando que a escetamina intranasal, junto com um antidepressivo oral, melhorou os sintomas da depressão resistente ao tratamento.

Escetamina é um enantiômero derivado da cetamina, que se mostrou promissora para alívio rápido de depressão grave em estudos anteriores. No entanto, a cetamina está disponível apenas como um medicamento intravenoso; já a escetamina pode ser formulada como um medicamento intranasal.

Dois estudos de fase III foram conduzidos pelo mesmo grupo de pesquisadores:

  1. Coorte de adultos: 90 indivíduos (idades entre 18 e 65 anos) com depressão resistente ao tratamento
  2. Coorte de idosos: 70 indivíduos (70 anos ou mais) com depressão resistente ao tratamento

Em ambos estudos, os participantes foram randomizados para tratamento com escetamina intranasal + antidepressivo oral convencional ou placebo intranasal + antidepressivo oral convencional.

1) No primeiro estudo, o grupo de tratamento com escetamina intranasal mostrou uma melhora significativa na Escala de Depressão de Montgomery-Asberg (MADRS) quatro semanas após o início do tratamento em comparação com placebo intranasal (diferença de -4,0; IC de 95%: -7,31 a -0,64; p = 0,010). Aproximadamente 70% do grupo escetamina respondeu ao tratamento após quatro semanas, em comparação com 52% do grupo placebo; 52,2% do grupo escetamina alcançou a remissão versus 31% do grupo placebo quatro semanas após o tratamento.

2) O segundo estudo mostrou resultados similares na melhora na MADRS após quatro semanas com escetamina, com uma diferença de -3,6 entre os grupos (IC de 95%: -7,20 a 0,07; p = 0,029).

Em ambos estudos, os eventos adversos mais comuns incluíram náuseas, vertigens, tonturas, dores de cabeça, sonolência, visão turva, parestesia, dissociação e ansiedade, geralmente ocorrendo no dia da administração.

Mindfulness na prevenção da recaída de depressão

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar