Leia mais:
Leia mais:
Doença de Parkinson e Covid-19: o que se sabe até agora?
Novo método de cirurgia pode beneficiar pacientes com doença de Parkinson
Esclerose amiotrófica e indução de proteínas de choque térmico
Parkinson: nova terapia é capaz de atenuar sintomas
TOP 5 neurologia: confira os artigos mais acessados de julho [PEBMEDCast]

Droga para asma pode reduzir risco de Parkinson

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minuto.

O aumento da expressão do gene SNCA é um fator de risco para a doença de Parkinson. Em artigo publicado na revista Science, pesquisadores encontraram indícios de que o salbutamol, um agonista dos receptores adrenérgicos β2 de curta duração utilizado para tratamento da asma, pode mitigar esse risco.

Com o objetivo de encontrar medicamentos que podem reduzir a expressão do gene SNCA, pesquisadores examinaram 1.126 compostos, incluindo drogas aprovadas pela FDA. Quatro fármacos foram identificados, sendo três deles agonistas dos receptores adrenérgicos β2.

Veja também: ‘Alteração visual indica Parkinson?’

Um dos medicamentos analisados foi o clenbuterol que, em experimentos com camundongos, reduziu a expressão do gene SNCA em parte do cérebro afetado por Parkinson e protegeu neurônios tipicamente destruídos pela doença.

A equipe também encontrou uma conexão entre essas drogas e Parkinson em pessoas, através de uma análise feita com os dados médicos de 4,6 milhões de pessoas na Noruega, entre 2004 e 2014.

Indivíduos que tomavam salbutamol apresentaram um risco reduzido de desenvolver Parkinson ([RR]: 0,66; intervalo de confiança de 95%: 0,58 a 0,76). Em contrapartida, indivíduos que utilizaram bloqueadores beta-adrenérgicos, como o propranolol, apresentaram um risco aumentado.

E mais: ‘Uso de estatina é associado ao desenvolvimento de Parkinson’

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • β2-Adrenoreceptor is a regulator of the α-synuclein gene driving risk of Parkinson’s disease. Science 2017, DOI: 10.1126/science.aaf3934
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar