Página Principal > Residência Médica > Empresas juniores de medicina: o futuro do empreendedorismo na saúde
medico

Empresas juniores de medicina: o futuro do empreendedorismo na saúde

Tempo de leitura: 3 minutos.

Denominados a “primeira geração de empreendedores da saúde digital”, os acadêmicos de medicina estão cada vez mais engajados em temas como empreendedorismo, gestão e liderança, estimulados pelo crescente número de startups formadas por médicos e profissionais da área da saúde. O inconformismo acerca do ensino voltado exclusivamente à assistência médica tradicional criou uma geração formada por alunos que buscam na prática a real definição de empreendedorismo que, de acordo com a Endeavor, é “a disposição para identificar problemas e oportunidades e investir recursos e competências na criação de um negócio, projeto ou movimento que seja capaz de alavancar mudanças e gerar um impacto positivo”.

A busca por soluções às dificuldades econômicas presentes em centros de educação e saúde têm impulsionado a criação de movimentos que compartilham o apoio à formação de médicos capazes de gerir a própria carreira e os Sistemas de Saúde. O tema é cada vez mais comentado em congressos e discussões científicas e inicia-se uma revolução do ensino da medicina, com noções de empreendedorismo e gestão discutidas dentro de sala de aula.

Com o objetivo de liderar a formação de médicos empreendedores, capacitados em gestão em saúde, foi criada a Medic Júnior Consultoria em Saúde, uma iniciativa de estudantes de medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora. A empresa júnior é pioneira na área da saúde em Minas Gerais, e uma das primeiras associações voltadas ao empreendedorismo na medicina no mundo, orientados por profissionais médicos, administradores de empresas e advogados, especialistas em levar inovação à carreira médica.

A pergunta mais escutada pelos membros da Medic Júnior é “o que faz uma empresa júnior de medicina?”, já que o Movimento Empresa Júnior chegou no Brasil em 1988 e ainda não era realidade a introdução de estudantes de medicina no cenário empreendedor brasileiro. Poucas iniciativas foram realizadas e atualmente existem apenas duas empresas juniores de medicina devidamente registradas no Brasil, dentre elas a Medic Júnior Consultoria em Saúde, com o recém-criado CNPJ, que possibilita a realização de projetos em clínicas e hospitais.

Como a oferta de produtos voltados ao meio médico é extremamente escassa, uma empresa júnior de medicina tem uma gama enorme de produtos para ofertar, desde consultorias em gestão em saúde e produção de materiais sobre empreendedorismo e carreira médica, como realizados pela Medic Júnior, até a realização de curso e eventos para a área médico-acadêmica.

Em parceria com a Jaleko Acadêmicos, a Medic Júnior produz material sobre noções de empreendedorismo e gestão em saúde e carreira médica, para ajudar alunos da área da saúde a criarem o melhor caminho depois de formados, segundo cada perfil. Segundo Rafael Kenji, diretor presidente da Medic Júnior, “pensar em empreendedorismo assusta os médicos tradicionalistas, que se preocupam apenas com o conhecimento técnico e esquecem que por trás de todo atendimento existe uma rede de informações que garante a qualidade do serviço e o gerenciamento racional dos custos em saúde”. Ainda segundo o presidente, a criação de empresas juniores de medicina possibilita ao acadêmico uma proximidade antecipada com o real cenário da saúde no Brasil, contribuindo para a melhora da qualidade do atendimento e a formação de médicos que serão capazes de gerir não só a própria carreira, mas a saúde pública e privada, impactando diretamente toda a gestão do cuidado.

Os diretores da Medic Júnior Constultoria em Saúde estão em constante contato com o Movimento Empresa Júnior e estão dispostos a auxiliar qualquer iniciativa de formação de uma empresa júnior em medicina, com relatos de movimentos surgindo em diversas partes do mundo, como nas regiões Sudeste, Norte, Nordeste e Sul do Brasil, além de Estados Unidos e Moçambique, com participação ativa da Medic Júnior no auxílio aos interessados.

Por fim, acredita-se que o apoio a estudantes que buscam “pensar fora da caixa”, como diz o lema da Medic Júnior, gera um impacto extremamente positivo na formação dos grandes líderes da medicina em nosso país, revolucionando o cenário médico assistencial.

5 dicas para começar a empreender na Medicina

*Artigo escrito pela equipe do Medic Júnior Consultoria em Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.