Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Enfermagem / Enfermagem desportiva: como atua o profissional dessa especialidade?

Enfermagem desportiva: como atua o profissional dessa especialidade?

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

O plenário do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), no ano de 2019, aprovou uma nova especialização na área da enfermagem, a enfermagem desportiva. A decisão foi tomada após solicitação de instituição de ensino e de profissionais atuantes na área, que sugeriram o reconhecimento da especialidade.

Enfermagem desportiva

A enfermagem desportiva é uma especialidade dinâmica que possibilita atuação do profissional em academias de ginástica, locais de treinamento desportivo, esportes olímpicos e paraolímpicos, entre outros. O profissional desenvolve ações de enfermagem buscando prevenção, promoção e reabilitação do atleta assim como o atleta de alto rendimento.

A relação da enfermagem com o esporte, historicamente, sempre ficou centralizada no resgate de situações emergenciais de cuidado. Mas, atualmente, com a ampliação das discussões sobre o conceito de saúde e sobre as necessidade da população, atrelado à dinâmica formação do profissional de enfermagem, mais um campo de estudo e trabalho se abre para as práticas de cuidado de enfermagem. Esse desenvolvimento se dá pela compreensão de corpo que a atual sociedade promove e pela divulgação midiática de cuidado com o corpo na relação com a condição do estabelecimento de saúde.

Quem nos apresentou inicialmente sobre a temática foi a professora Heidman (1987), já colocando que a enfermagem deveria acompanhar o desenvolvimento da sociedade. Ela nos apontava uma direção que a enfermagem desportiva abre um leque de atuação, principalmente na saúde pública. Vislumbrando tal possibilidade revela que: “Além de contribuir para o aprimoramento da profissão, provocaria uma abertura constante do mercado de trabalho (academias, escolas, centros esportivos, etc)”.

A constituição desse campo do saber não foi tão rápido assim, muito por se esbarrar nas competências dos profissionais de educação física e por não haver definições das ações, prevista agora em consonância com a possibilidade de uma formação educacional sólida. Até o ano de 2019, os profissionais da área de enfermagem desportiva possuíam dificuldade de reconhecimento na formação. A criação da possibilidade de haver cursos de pós-graduação facilita além da formação, um saber de compreensão sobre as práticas de atuação.

É importante compreender que no atual momento em que vivemos as práticas de saúde pública estão em um momento de necessária transformação. Com a pandemia que afetou a todos, as práticas cotidianas de vida modificaram a relação dos profissionais com os usuários. A telenfermagem nos ajuda no processo de atenção à saúde, no entanto, as práticas de prevenção a doenças. A prática de exercícios físicos atua como medida benéfica para a melhora da imunidade na prevenção e tratamento complementar para doenças crônicas e infecções virais tais como o novo coronavírus.

Considerando o novo cenário de atuação profissional a enfermagem desportiva pode atuar no atendimento de atletas profissionais e também na assistência a população na busca do bem estar. A busca da qualidade de vida das pessoas, envolve as atividades físicas, mas diferentes de outros profissionais o enfermeiro previne problemas de saúde em decorrência da prática de atividade física. Academias, clubes esportivos e a consulta de enfermagem individual, além de grupos coletivos é a área de atuação do profissional de enfermagem.

Alem da identificação de problemas de saúde a imagem corporal que as pessoas buscam nos ambientes como academias e centros de cuidado em saúde, outras pessoas já refutam os cuidados a saúde corporal e mental que proporciona a atividade física. O profissionais de enfermagem, podem gerar cuidado integral as pessoas, realizar a interpretação de exames e atuar no sofrimento psíquico que leva a compreensão dismórfica do corpo. Pode clarificar ou elucidar a importância do exercício físico para a sociedade. Araguão Oliveira e Serra (2019),

Sabe-se que a inatividade física contribui para a redução da expectativa de vida e atinge grande parte da população mundial, causando 6% dos casos de doença cardíaca coronária (3,2% no sudeste da Ásia e 7,8% na região do Mediterrâneo oriental); 6% dos casos de diabetes tipo 2; 10% dos cânceres de mama e 10% dos cânceres de cólon. Identifica-se, ainda, como a causa de 9% das ocorrências de mortalidade prematura e de mais de 5,3 milhões das 57 milhões de mortes ocorridas em todo o mundo.

Leia também: Resolução 639/2020: quais as competências do enfermeiro na ventilação mecânica?

Atuação do enfermeiro

A enfermagem desportiva surge como uma possibilidade articulada dos cuidados de saúde primários. Os profissionais de enfermagem são capacitados a realizar diversas atividades. Mas compreender as condições de saúde da pessoa é essencial para a modificação dos processos de cuidado em saúde. As atividades do profissionais de enfermagem compreendem avaliar:

  • Fatores físicos;
  • Fatores socioculturais;
  • Fatores psicológicos;
  • Fatores espirituais e religiosos;
  • Fatores ambientais;
  • Fatores políticos-sociais;

Os enfermeiros podem, através das práticas de cuidado, ensinar o dimensionamento das atividades desportivas, assistindo da seguinte maneira:

  • Identificando problemas de saúde;
  • Compreendendo soluções para os problemas de saúde;
  • Indicando a prática de atividade física sob orientação do profissional competente;
  • Controlando os limites físicos dos profissionais atletas de competição, assim como realizando o cuidado emergencial de assistência em caso de danos ou acidentes;
  • Realizando estudos fisiológicos em relação ao esforço e as reações dos indivíduos;
  • Contribuindo na reabilitação de lesões físicas;
  • Realizar educação quanto aos hábitos de vida da população;
  • Orientação sobre alimentação inadequada;
  • Participar das atividades de planejamento e construção de espaços ou ambiente.

A consulta de enfermagem é um espaço de construção das práticas assistenciais do enfermeiro do esporte. A prática de atividade física é uma forma de nos proteger do adoecimento, porem necessita de orientação do educador físico para tal fim e de orientação médica.

Riscos e benefícios precisam ser considerados pelos profissionais de saúde, o enfermeiro possui um papel essencial nesse sentindo. Há necessidade de orientação por parte de uma equipe multiprofissional. No entanto, as bibliografias sobre essa temática são escassas. Espera-se que profissionais possam desenvolver estudos que mostrem os efeitos benéficos sobre a prática da enfermagem desportiva.

Veja mais: Blog do Nursebook: nova data para live sobre Empreendedorismo e Enfermagem

Autor:

Referências bibliográficas:

  • Aragão FBA, Oliveira ES de, Serra JN, Reis AD, Salvador EP. Atividade física nos programas de promoção à saúde do homem. Rev enferm UFPE on line. 2019
  • Heidemann, M. A enfermagem esportiva – proposta de consulta de enfermagem em academia de ginástica e musculação. Rev. Bras. de Enf., Brasíl ia 40(4), out./dez., HJH7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.