Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Enfermagem / Feliz 2020: ano internacional da enfermeira e da parteira
enfermeira de braços dados segurando estetoscópio, junto de médicos

Feliz 2020: ano internacional da enfermeira e da parteira

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

Imagine uma profissão que contribui para melhores condições de saúde, igualdade de gênero, fortalecimento econômico, redução da mortalidade e cobertura universal de saúde para todas e todos nas diferentes partes do planeta Terra?

Essa profissão já existe e se chama enfermagem. Compondo quase 50% do corpo de saúde no mundo, as enfermeiras, enfermeiros, parteiras e parteiros dedicam-se diariamente para proporcionar melhores condições de saúde às pessoas. Cuidando de mulheres, crianças, adolescentes, adultos e idosos desde o nascimento até a morte.

O importante trabalho da enfermagem se faz presente em diferentes cenários, podemos citar os hospitais, domicílios, clínicas, postos de saúde, ambiente empresarial, embarcações, casas de parto, maternidade, ensino, pesquisa, auditoria entre outros.

Dentre os 43,5 milhões de trabalhadores da saúde em todo o mundo, 20,7 milhões são enfermeiras, enfermeiros ou parteiras. Somos muitos né?! Mas ainda assim, há escassez em muitos países e o pior a estimativa global é que até 2030 falte 09 milhões de enfermeiras, enfermeiros e parteiras, um grave problema para o acesso e cobertura universal da saúde.

Pensando nisso, a Organização Mundial de Saúde em conjunto com o Conselho Internacional de Enfermeiros (ICN) na 72ª Assembléia Mundial da Saúde em Genebra, Suíça decretou 2020 como o ano da enfermeira e da parteira. O objetivo é que durante 2020 seja destacado os impactos do trabalho da enfermeira nos diferentes ciclos da vida e nos diferentes cenários além das dificuldades enfrentadas pela categoria.

O Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, Diretor Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) durante essa assembléia declarou que: “Sem enfermeiras e parteiras, não alcançaremos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ou a cobertura universal de saúde.”

Em conjunto com a campanha Nursing Now espera-se ampliar o reconhecimento sobre os benefícios da assistência de enfermeiras e parteiras qualificadas através de ações políticas de valorização e suporte ao trabalho de enfermeiras e parteiras em todas as partes do mundo.

Leia também: Enfermeiros estão vulneráveis aos efeitos da síndrome de burnout

Considerando a área de saúde da mulher a assistência de enfermagem obstétrica qualificada e com recursos materiais, estrutural e humanos adequados tem o potencial de evitar um total de 83% de todas as mortes maternas, natimortos e óbitos neonatais do mundo. É importante lembrar que atuando em maternidades, casas de parto e em domicílio vinculada as instituições de saúde ou de modo autônomo o trabalho da enfermeira obstétrica contribui ainda para reduzir as taxas de cesáreas, que estão elevadíssimas em nosso país (em 2017 55,66% de todos os nascimento foram por via cirúrgica).

O ano 2020 também revela uma importante comemoração para a saúde e especialmente para a enfermagem: o 200º aniversário do nascimento de Florence Nightingale, enfermeira que revolucionou os cuidados aos feridos da guerra da Criméia na Rússia, melhorando a saúde dos combatentes e reduzindo a mortalidade nos hospitais militares.

Uma união de diferentes nações no mundo para comemorar, divulgar o trabalho da enfermagem, suas inovações e transformando os cuidados em saúde a importância da assistência de enfermagem nos diferentes cenários.

Já conhece o Nursebook? Baixe grátis o primeiro aplicativo de tomada de decisão para o enfermeiro! Já disponível em Android!

Autor:

Referências bibliográficas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.