Página Principal > Clínica Médica > Não tomar café da manhã pode ajudar a perder peso
cafe da manha

Não tomar café da manhã pode ajudar a perder peso

Tempo de leitura: 2 minutos.

Muitas das recomendações internacionais para dietas indicam a inclusão regular de café da manhã para controle do peso e também como um fator de proteção contra a obesidade. Na contramão dessas orientações, um artigo recente do British Medical Journal (BMJ), publicado em novembro, sugere que pular a refeição matinal pode ajudar a emagrecer.

Pesquisadores realizaram uma revisão sistemática e meta-análise para examinar o efeito do consumo regular de café da manhã na mudança de peso e consumo de energia em pessoas de países de alta renda. Dentro desse contexto, foram pesquisadores ensaios clínicos randomizados, publicados entre janeiro de 1990 e janeiro de 2018, nas bases do PubMed, Ovid Medline e CINAHL.

Obesidade: como o profissional de saúde pode atuar na atenção primária?

Café da manhã e obesidade

No total, 13 ensaios clínicos randomizados foram selecionados; destes, sete examinaram o efeito da refeição matinal na mudança de peso, e 10 examinaram o efeito sobre a ingestão de energia.

A meta-análise dos resultados encontrou uma pequena diferença no peso favorecendo os participantes que pularam o café da manhã (diferença média de 0,44 kg; IC de 95%: 0,07 a 0,82), mas inconsistências foram encontradas entre os resultados do ensaio (I² = 43%).

Os participantes que tomaram café da manhã tiveram maior consumo diário de energia do que aqueles que pularam a refeição (diferença média de 259,79 kcal/dia; IC de 95%: 78,87 a 440,71), mas inconsistências também foram encontradas (I² = 80%).

Limitações e conclusões

Todos os estudos analisados apresentaram risco de viés alto e follow-up de curto prazo. Como a qualidade dos estudos foi baixa, os autores do artigo alertam que os achados devem ser interpretados com cautela.

Café da manhã e aterosclerose subclínica

Hábitos diários, incluindo o número e a qualidade das refeições, são alvos potenciais para estratégias de prevenção primária com grandes impactos na saúde. Um estudo prévio, publicado no Journal of the American College of Cardiology, demonstrou que deixar de tomar o café da manhã com frequência pode elevar o risco de aterosclerose.

Frente a tantos estudos conflitantes, antes de prescrever alterações em hábitos diários dos pacientes, é importante que os médicos considerem todas as evidências de qualidade disponíveis sobre o tema, história clínica e individualidade de cada um.

Você come na hora certa? Veja a diretriz da AHA sobre o assunto

Referências:

  • Sievert Katherine, Hussain Sultana Monira, Page Matthew J, Wang Yuanyuan, Hughes Harrison J, Malek Mary et al. Effect of breakfast on weight and energy intake: systematic review and meta-analysis of randomised controlled trials BMJ 2019; 364 :l42

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.