Página Principal > Acupuntura > Náuseas e vômitos: a acupuntura pode ajudar no tratamento?
acupuntura

Náuseas e vômitos: a acupuntura pode ajudar no tratamento?

Tempo de leitura: 3 minutos.

A acupuntura pode ajudar no tratamento de náuseas e vômitos? A resposta é sim. Náuseas e vômitos podem ter as mais diversas origens, desde uma irritação gástrica até patologias complexas do sistema nervoso central. Episódios esporádicos são, em geral, autolimitados e não necessitam de tratamento por tempo prolongado, mas quando a condição se estende por um período maior ou quando os episódios são muito frequentes é necessário que se institua uma terapia medicamentosa para evitar a espoliação de líquidos e eletrólitos, além de se fazer uma investigação sobre a origem do problema.

Uma das indicações clássicas da acupuntura, citada na lista de patologias tratáveis pela acupuntura oficializada pela Organização Mundial de Saúde, é o tratamento de náuseas e vômitos relacionados à quimioterapia, ao pós-operatório e à gravidez. Muitos ensaios foram realizados a fim de comprovar os efeitos da acupuntura tomando como exemplo o alívio de náuseas e vômitos, utilizando acupuntura ou eletroacupuntura, sozinha ou associada ao uso de antieméticos.

Muitos pacientes oncológicos que estão realizando quimioterapia evoluem com náuseas e vômitos  severos, prejudicando bastante a sua qualidade de vida, resultando inclusive em piora de sintomas do câncer com caquexia, letargia e fraquezas. Apesar da disponibilidade dos novos medicamentos antieméticos, muitos pacientes ainda sofrem com esses sintomas.

A revisão sistemática da Cochrane publicada em 2006 descreve um benefício biológico quando há estimulação dos pontos de acupuntura nas náuseas e vômitos pós-quimioterapia. A eletroacupuntura demonstrou benefícios para vômitos agudos devido à quimioterapia, mas estudos combinando o uso de acupuntura com antieméticos de primeira linha e em pacientes com sintomas refratários são necessários para determinar a relevância clínica. A acupressão feita pelo próprio paciente aparenta ter um efeito protetor para náuseas agudas, e pode ser facilmente ensinado a pacientes, embora estes estudos com acupressão não tenham envolvido controle placebo.

Náuseas e vômitos pós-operatórios são queixas comuns após anestesia geral, regional ou local, podendo ocorrer em até 80% dos pacientes após o uso de anestésicos gerais. E frequentemente complicam tanto anestesia geral como bloqueios espinais e retardam a recuperação da cirurgia. Embora técnicas anestésicas melhores e uma nova geração de anestésicos e antieméticos tenham reduzido sua incidência, até 70% dos pacientes podem ser afetados.

Na revisão sistemática da Cochrane publicada em 2015 temos que as evidências apoiam o uso da acupuntura no ponto PC6 (acuponto clássico de eleição) para reduzir as náuseas e vômitos em pessoas que acabaram de ser operadas, em comparação com uma acupuntura “sham” (em um ponto falso) ou em comparação com o uso de antieméticos. Esta revisão traz os resultados de novos estudos publicados entre 2009 e dezembro de 2014.

Cerca de 50 a 80% das gestantes queixam-se de náuseas e vômitos no primeiro trimestre da gravidez. Estes sintomas geralmente têm início entre a quarta e a sexta semanas de gestação, em 60% dos casos há uma melhora a partir da 12ª semana, e em 90% dos casos esta condição melhora consideravelmente a partir da 16ª semana. Contudo, existe uma minoria de casos em que os enjoos persistem durante toda a gravidez. Uma em cada vinte mulheres que experimentam estes enjoos sofre de vômitos severos e consequente perda de peso e desidratação, podendo ter de ser internada em meio hospitalar. Para as náuseas e vômitos da gravidez, a qualidade dos estudos é menor, de acordo com as revisões sistemáticas, mas nem por isso o acompanhamento dessas pacientes deixou de ser feito, e com sucesso.

Estudos menores também avaliaram a eficácia da acupuntura, eletroacupuntura ou acupressão no tratamento de náuseas e vômitos de outras etiologias, como devido ao uso de medicamentos opioides e radioterapia.

A maioria dos estudos clínicos sobre os efeitos da acupuntura nas náuseas e nos vômitos utilizou um tratamento padrão envolvendo a estimulação do ponto PC6 (Neiguan). Em nossa experiência clínica, o ponto PC6 é um ótimo ponto a ser estimulado nestes casos, mas não é somente o único que deveria ser tratado.

Esta simplificação pode não ser sempre adequada e ser a razão da falha de vários estudos. A abordagem clássica da acupuntura é tratar a doença ou síndrome de vários modos, dependendo de características complexas dos pacientes e seus sintomas. Na realidade, mais de 30 pontos dos meridianos clássicos são descritos como efetivos para náuseas e vômitos, e o diagnóstico sindrômico do paciente e a prescrição de uma combinação de pontos para cada síndrome deve ser sempre levada em conta.

É médico e também quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autora:

Lourdes Soares

Médica formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ em 1986 ⦁ Especialização em Acupuntura Médica concluída no Instituto de Acupuntura do Rio de Janeiro – IARJ em 2002 ⦁ Título de Especialista em Acupuntura conferido pela AMB e pelo CMBA em 2008 ⦁ Prática clínica em acupuntura em consultório desde 2003 ⦁ Atende em: Rua do Rosário 151/904 – Centro – Rio de Janeiro; Tels: 25085613 / 39014342

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.