Página Principal > Farmacologia > Nova medicação para constipação crônica funcional é aprovada

Nova medicação para constipação crônica funcional é aprovada

Tempo de leitura: 2 minutos.

O FDA (Food and Drug Administration), agência americana para regulamentação de medicamentos, aprovou o plecanatide (comercializado nos EUA como Trulance) como um novo fármaco oral para tratar constipação crônica funcional em pacientes adultos.

A constipação crônica funcional é um diagnóstico dado àqueles que experimentam constipação persistente e quando não há explicação estrutural ou bioquímica. O agonista da guanilato ciclase C, tomado oralmente uma vez por dia, estimula a secreção de fluido intestinal, melhorando assim a função intestinal.

Veja também: ‘FDA proibe luvas com talco; entenda aqui’

A segurança e a eficácia de Trulance foram estabelecidas em dois ensaios controlados com placebo de 12 semanas, incluindo 1.775 participantes adultos com constipação crônica funcional, aleatoriamente designados para receber placebo ou plecanatide, uma vez por dia.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Os participantes que receberam o novo medicamento foram mais propensos a experimentar melhora na frequência de movimentos intestinais completos e espontâneos do que aqueles que receberam placebo, e também tiveram melhorias na frequência de fezes, consistência e esforço.

O efeito colateral mais comum e grave foi diarreia. Nesses casos, os pacientes devem parar de tomar Trulance e voltar ao médico.

Contraindicação

Trulance não deve ser utilizado em crianças com menos de seis anos de idade devido ao risco de desidratação grave. Ele deve ser evitado em doentes entre 6 e 18 anos. A segurança e a eficácia de Trulance não foram estabelecidas em menores de idade. Além disso, Trulance não deve ser utilizado em pacientes com obstrução gastrointestinal mecânica conhecida ou suspeita.

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.