Leia mais:
Leia mais:
AAP 2021: terapia com plasma convalescente em adolescente com Covid-19 – relato de caso
AAP 2021: estratégias não farmacológicas para ansiedade em adolescentes durante a pandemia
AAP 2021: IMC e tempo de tela em adolescentes antes e depois da pandemia da Covid-19
AAP 2021: impacto da etnia e dos determinantes sociais durante a pandemia na atenção primária pediátrica
Pacientes com fibromialgia sentem mais os efeitos da covid-19?

Ozônio não é considerado eficaz contra Covid-19

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Durante a pandemia de Covid-19, vimos muitos equipamentos, medicamentos e produtos serem considerados como opções contra a infecção. O ozônio estava entre eles, porém, esta semana, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concluiu que não há evidências sobre a eficácia do gás ozônio contra o novo coronavírus.

Leia também: Novo teste rápido de Covid-19 em saliva é lançado no Brasil

imagem digital do coronavírus que não se combate com ozônio

Sobre o ozônio

O ozônio é um oxidante forte. Segundo a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), os mecanismos de desinfecção incluem: oxidação e destruição direta da parede celular; reações com subprodutos radicais da decomposição de ozônio; danos aos constituintes dos ácidos nucleicos.

Nota técnica da Anvisa

Em nota técnica publicada, foram compartilhadas informações sobre o uso de ozônio como desinfetante. Nesta, uma revisão de estudos concluiu que não foram apresentadas evidências científicas relacionadas à eficácia desinfetante do ozônio contra o SARS-CoV-2.

Além disso, o documento ressaltou que o uso do ozônio tem potencial para causar danos em humanos (lesões na pele, nas vias respiratórias e nos olhos, e por reações alérgicas).

Atualmente, não há produto aprovado pela Anvisa, Food and Drugs Admnistration (FDA) ou Center for Disease Control and Prevention (CDC) para “desinfecção de pessoas”, na modalidade de túneis ou câmaras contra o SARS-CoV-2.

Veja mais: Vitamina D e Covid-19: quais as novas evidências?

Autora:

Referência biblográfica:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar