Página Principal > Infectologia > Programas de administração de antibióticos reduzem incidência de infecções bacterianas?
medicação intravenosa

Programas de administração de antibióticos reduzem incidência de infecções bacterianas?

Antibióticos são fundamentais na terapêutica moderna, com o objetivo de curar infecções por microrganismos. Seu uso inadequado ocasiona o surgimento de infecções hospitalares que levam a um aumento no período de hospitalização e nos índices de morbimortalidade, repercutindo nos custos, considerando o aumento na permanência hospitalar, consumo de antibióticos, exames laboratoriais e gastos com isolamento.

Em função do crescente número de infecções causadas por bactérias resistentes a antibióticos, a restrição do uso desnecessário dessa classe terapêutica e a otimização das medidas de controle de infecção são ações de extrema importância. As estratégias para um uso ótimo de antibióticos são altamente recomendadas entre as medidas para limitar a expansão crescente de populações bacterianas resistentes a antibióticos tanto no nível hospitalar como comunitário.

Os programas de administração de antibióticos incluem intervenções heterogêneas, como auditoria, restrição de antibióticos específicos, restrição na duração do tratamento e ciclos ou misturas de antibióticos. A implementação desses métodos têm demonstrado reduzir o uso de antibióticos e os custos hospitalares.

Quer receber diariamente notícias médicas no seu WhatsApp? Cadastre-se aqui!

Recentemente, uma revisão sistemática da literatura e metanálise publicada no The Lancet foi realizada com o intuito de avaliar a evidência do efeito da administração de antibióticos sobre a incidência de infecções e colonização com bactérias resistentes a antibióticos.

Para a busca bibliográfica foram consultados o PubMed, The Cochrane Database of Systematic Reviews, The Cochrane Central Register of Controlled Trials e Web of Science. Foram avaliados estudos publicados de 1 de janeiro de 1960 a 31 de maio de 2016 que analisaram o efeito de programas de administração de antibióticos sobre a incidência de infecção e colonização com bactérias resistentes a antibióticos e infecções pelo Clostridium difficile em pacientes hospitalizados.

No total, foram incluídos 32 estudos na metanálise, que analisaram 9.056.241 paciente-dias e 159 estimativas de índices de incidência.

Os programas de administração de antibióticos reduziram a incidência de infecções e colonização com bactérias Gram-negativas resistentes a múltiplos fármacos (51% de redução; p<0,0001), betalactamases de espectro estendido produzidas por bactérias Gram-negativas (48%; p=0,0428) e Staphylococcus aureus resistente à meticilina (37%; p=0,0065), bem como a incidência de infecções por Clostridium difficile (32%; IR: 0,68; IC 95%: 0,53 a 0,88; p=0,0029).

Observou-se também que a incidência de bactérias Gram-negativas/Gram-positivas resistentes aos aminoglicosídeos e quinolonas não foi significativamente reduzida.

Ressalta-se que os programas de administração de antibióticos foram mais eficazes quando implementados com medidas de controle de infecção, especialmente intervenções de higiene das mãos, do que quando implementados sozinhos.

Com base neste estudo, pode-se concluir que os programas de administração de antibióticos reduzem significativamente a incidência de infecções e colonização com bactérias resistentes a antibióticos e infecções por Clostridium difficile. Esses resultados fornecem evidências para a implementação de intervenções de administração de antibióticos para reduzir a carga de infecções de bactérias resistentes.

Autora:

Referências:

  • Baur D, Gladstone BP, Burkert F, Carrara E, Foschi F, Döbele S, et al. Articles Effect of antibiotic stewardship on the incidence of infection and colonisation with antibiotic-resistant bacteria and Clostridium difficile infection : a systematic review and meta-analysis. Lancet Infect Dis. 2017 Jun 16. pii: S1473-3099(17)30325-0. doi: 10.1016/S1473-3099(17)30325-0. [Epub ahead of print]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.