Qual a estimativa de transmissão da Covid-19 por assintomáticos?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

A infecção pelo SARS-Cov 2 já levou a mais de 200.000 óbitos no Brasil em menos de 1 ano e medidas para tentar conter a transmissão do vírus devem ser mantidas ou preferencialmente aumentadas. Diferente do surto em alguns países ocasionado em 2003 pelo SARS-CoV, que cursava com quadros graves e cuja transmissão se dava em geral após instalação de sintomas, o novo coronavírus tem uma disseminação mais rápida e em grande parte ocasionada por indivíduos ainda em período de incubação ou inclusive por alguns casos que se infectam e nunca chegam a desenvolver sintomas, os assintomáticos.

Leia também: Covid-19: a contínua importância de detectar os assintomáticos

A Covid-19 tem uma transmissão mais rápida e em grande parte ocasionada por indivíduos ainda em período de incubação ou assintomáticos. 

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas

Estudos sobre a transmissão

Pesquisas que comprovam essa transmissão por pessoas sem sintomas observaram que o período entre uma pessoa infectada infectar outro indivíduo pode ser inferior ao tempo em que a primeira leva para iniciar sintomas.

Estudo publicado no JAMA em 07 de janeiro visou quantificar a porcentagem de infecções que ocorrem através de transmissão por indivíduos assintomáticos. Baseado em dados de oito metanálises chinesas, foi considerado período médio de incubação sendo de 5 dias naqueles que desenvolvem sintomas em algum momento e período de possível transmissão pelos infectados de 10 dias, variando início entre 3 e 7 dias após contágio. Estimou-se que 30% dos infectados nunca desenvolvem sintomas e que esses tinham poder de transmissão de 75% em relação aos sintomáticos.

Saiba mais: Tocilizumabe em pacientes com Covid-19 hospitalizados: resultados de novo estudo clínico

Os resultados do estudo estimam que aproximadamente 59% das infecções são transmitidas por indivíduos assintomáticos, sendo 35% oriundos de casos que ainda desenvolverão quadro clínico e 24% provenientes de pessoas que nunca desenvolvem sintomas. Porém, os próprios autores dizem que é muito difícil garantir precisão destes dados, pois se trata de um fenômeno complexo que depende de muitas variáveis difíceis de estimar, como por exemplo qual o dia de maior transmissibilidade da doença: ao antecipar em um dia o pico de transmissão (do quinto para o quarto dia), os cálculos evidenciam que até 67% dos casos seriam transmitidos por pessoas assintomáticas, ao passo que se o pico for um dia mais tardio (sexto dia) este número cairia para 51%.

Mensagem prática

O artigo demonstra que os casos assintomáticos apresentam papel relevante na propagação da Covid-19, responsáveis pela transmissão de aproximadamente 50% dos casos e que apenas isolar pacientes sintomáticos pode ser pouco eficiente para conter a pandemia. É necessário manter uso de máscaras, limpeza frequente das mãos, distanciamento social e se possível realizar teste em pessoas saudáveis que tenham tido contato com casos de Covid-19 ou que apresentem alta exposição ao vírus como, por exemplo, trabalhadores que se expõe a grande público. Essas medidas devem ser estimuladas enquanto não houver melhor tratamento ou as vacinas não estiverem amplamente distribuídas.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Johansson MA, Quandelacy TM, Kada S, et al. SARS-CoV-2 Transmission From People Without Covid-19 Symptoms. JAMA Netw Open. 2021;4(1):e2035057. doi:1001/jamanetworkopen.2020.35057
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

2 comentários

  1. José Eduardo Prudente Corrêa

    Muito bom seu texto. Parabéns pelo estudo.

  2. JOSE EDSON NAGAMINE DE LIMA

    Obrigado pelo conteúdo. Há algum estudo ou pesquisa da média de quantas pessoas podem ser contagiadas por uma pessoa contaminada? Por exemplo: uma pessoa infectada tem o poder de alcançar e transmitir aproximadamente XXX pessoa durante o período em que esteja com o vírus.

    Eu atuo com RH e acredito que devemos manter nossos colaboradores sempre informados por isso da pergunta.

    Grato.

    Edson Nagamine

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar