Reparo labral ou debridamento no tratamento do impacto femoroacetabular?

Um estudo comparou os escores pré e pós-operatórios de pacientes submetidos a reparo labral artroscópico ou debridamento.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

O labrum é uma estrutura fibrocartilaginosa que se projeta da borda acetabular e compõe a articulação do quadril, sendo importante na manutenção da estabilidade, vedação e lubrificação da articulação. A lesão dessa estrutura é comum e ocorre em metade dos pacientes com sintomas mecânicos, mais comumente associado a impacto femoroacetabular e gerando dor e perda dessas funções.

Existe um debate sobre os resultados de reparo labral ou debridamento para o tratamento dessa patologia, com defensores de ambos os lados, porém com estudos limitados a pequenas series de casos ou pequenos ensaios clínicos. Foi publicado no último mês na revista “Bone and Joint Open” um estudo desenvolvido em Newcastle e Cambridge com o objetivo de comparar escores pré e pós-operatórios de pacientes submetidos a reparo labral artroscópico ou debridamento.

reparo labral

O estudo

Foram selecionados prontuários de um registro britânico de todos os pacientes maiores de 18 anos submetidos a procedimentos artroscópicos de reparo ou debridamento labral para tratamento de impacto femoroactebular entre janeiro de 2012 e julho de 2019, excluindo-se casos de revisões ou de procedimentos extra-articulares simultâneos. Os pacientes que consentiram com a coleta de dados receberam questionários on-line para determinar as medidas de resultados relatados pelo paciente, incluindo o questionário de cinco dimensões EuroQol (EQ-5D) e o 12 (iHOT-12), no pré-operatório e aos seis e doze meses de pós-operatório. 

Foram identificados 2025 desbridamentos labrais (55%) e 1.659 reparos labrais (45%). Ambos os grupos viram ganho significativo (p < 0,001) no EQ-5D e iHOT-12 em comparação com os escores pré-operatórios em doze meses (melhora do iHOT-12: reparo labral = +28,7 (intervalo de confiança de 95% (IC) 26,4 a 30,9), desbridamento labral = +24,7 (IC 95% 22,5 a 27,0)), porém não houve diferença significativa entre os procedimentos após modelagem multivariável. No geral, 66% dos casos atingiram a diferença mínima clinicamente importante (MCID) e 48% alcançaram benefício clínico substancial em doze meses.

Leia também: Qual é o melhor momento, dose e duração da antibioticoprofilaxia nas artroplastias totais de joelho e quadril?

Conclusão

O estudo acabou não demonstrando diferença significativa entre os tratamentos no modelo multivariável, apesar do reparo labral ser superior na análise univariável. É importante frisar que o follow-up foi de doze meses e seria importante uma avaliação por um período maior a fim de visualizar a evolução para osteoartrose ou não. Além disso, ensaios clínicos randomizados seriam importantes para redução de risco de viés.

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades

# Holleyman RJ, Lyman S, Bankes MJK, Board TN, Conroy JL, McBryde CW, Andrade AJ, Malviya A, Khanduja V. Comparison of early outcomes of arthroscopic labral repair or debridement: a study using the UK Non-Arthroplasty Hip Registry dataset. Bone Jt Open. 2022 Apr;3(4):291-301. doi: 10.1302/2633-1462.34.BJO-2022-0003.R1. PMID: 35369718.